«

»

mai 22

Como a NSA e FBI fizeram do Facebook a Ferramenta de Vigilância em Massa Perfeita

GD Star Rating
loading...

A Agência de Segurança Nacional e o FBI se uniram em outubro de 2010 para desenvolver técnicas para transformar o Facebook em uma ferramenta de vigilância. Documentos divulgados juntamente com o novo livro do jornalista Glenn Greenwald, “No Place To Hide“, revelam a parceria NSA e FBI, na qual as duas agências desenvolveram técnicas para a exploração de chats do Facebook, captura de fotos privadas, coleta de endereços de IP e de dados privados de perfis.

De acordo com os slides abaixo, os objetivos das agências para tal acervo era de capturar “uma fonte muito rica de informações sobre alvos“, incluindo “dados pessoais,” padrão de vida”, conexões à associados, [e] a mídia.

Tradução:

  • Alvos aumentando o uso do Facebook, BEBO, MySpace, etc.
  • Uma rica fonte de informações sobre os alvos
    • Padrões de vida (nota blog: no sentido de comportamento)
    • Conexões com associados
    • Mídia

Os documentos da NSA tornam dolorosamente claro como as agências coletaram informações, “através da exploração das fraquezas inerentes do modelo de segurança do Facebook” usando a popular rede de distribuição de conteúdo Akamai. A NSA descreve seus métodos como “autenticação assumida” e “segurança através da obscuridade”.

O slide abaixo mostra como a NSA  e a agência de espionagem do Reino Unido, a GCHQ, também trabalharam em conjunto para “obter perfis e álbuns de imagens.”

JTRIG (“Threat Joint Research Intelligence Group“) é o Grupo de Inteligência Misto para Ameaças“) do Reino Unido, uma unidade anteriormente secreta do GCHQ, que como vimos no artigo “[Snowden] Documento de Treinamento para Operações Clandestinas na Internet Contra Ativistas e Blogueiros“, era usado para perseguir destruir a reputação de blogueiros e donos de sites influentes.

Dois meses atrás, depois de uma série de vazamentos de espionagem da NSA relacionados ao Facebook, o chefe do Facebook, Mark Zuckerberg afirmou em um post em sua própria rede social que ele está  “confuso e frustrado com os repetidos relatórios do procedimento do governo dos EUA.

De acordo com  um artigo do The Intercept, os slides acima não revelam o programa de vigilância no Facebook pela NSA na íntegra. O artigo afirma que a NSA também “se disfarça como um falso servidor do Facebook” para usar os ataques “man-in-the-middle” e “man-in-the-side” para espalhar malware. O vídeo abaixo mostra como isto acontece (em inglês)

 

Como escrevemos na época, “o Facebook ser alvo da NSA é declaradamente uma resposta ao declínio sucesso de outras técnicas de injeção de malware. Técnicas anteriores incluíram o uso de e-mails de spam que visam enganar o usuário para clicar em um link malicioso.

Na sequência do artigo, divulgado em março, Zuckerberg disse: “Quando os nossos engenheiros trabalham incansavelmente para melhorar a segurança, nós imaginamos que estamos lhe protegendo contra criminosos, não contra o nosso próprio governo.

Zuckerberg afirmou que ele desaprovava as ações da NSA e disse que conversou com o presidente Barack Obama por telefone para “expressar [sua] frustração sobre os danos que o governo está criando para todo o nosso futuro.

VentureBeat pediu tanto para a Akamai como para o Facebook comentarem sobre o assunto.

Leia mais:


McCain: Os Americanos Devem “Aceitar” que Suas Conversas Privadas Sejam Monitoradas









NSA Usa Facebook para Distribuir Vírus para Espionar, Gravar Áudio e Imagem de Webcams [SNOWDEN]








Fontes:
Infowars: How the NSA & FBI made Facebook the perfect mass surveillance tool
– Glenn Grenwald: Documents
Blog Anti Nova Ordem Mundial: NSA Usa Facebook para Distribuir Vírus para Espionar, Gravar Áudio e Imagem de Webcams [SNOWDEN]

– Akamai
Como a NSA e FBI fizeram do Facebook a Ferramenta de Vigilância em Massa Perfeita, 10.0 out of 10 based on 1 rating

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>