«

»

mai 10

Coca-Cola e Pepsi Substituem o Tóxico BVO por Outro Produto Químico: Isobutirato de Acetato de Sacarose (SAIB)

GD Star Rating
loading...

Notícias Naturais

Após uma campanha pública a Coca-cola cedeu e retirou o produto tóxico e potencialmente cancerígeno de suas bebidas. O que poucos sabem e o que a mídia parece ignorar é que o BVO foi substituído por outro produto tóxico, o isobutirato de acetato de sacarose (SAIB), que em estudos mostrou aumentar o tamanho do fígado e elevar a atividade da fosfatase alcalina.

A Coca-Cola e a Pepsico já anunciaram que estão removendo o óleo vegetal bromado (BVO) de suas bebidas depois de uma campanha sustentada pela mídia social que protestou contra a prática. O óleo vegetal bromado é um retardante de chamas, e normalmente é feito a partir de derivados de milho ou soja geneticamente modificados ligados a um átomo de bromo.

Todos os átomos de bromo são disruptores endócrinos, como o flúor e o cloro (eles estão todos na mesma coluna na tabela de elementos). Eles também podem interferir na absorção de iodo pela tireoide,  tecido mamário e tecido da próstata, causando deficiências nutricionais que podem promover o câncer.

Se você andou bebendo Mountain Dew, Gatorade, Fanta ou outras bebidas similares feitos pela Coca-Cola ou Pepsi, você tem bebido óleo vegetal bromado.

Na internet estão aplaudindo alto a remoção do BVO nestas bebidas, mas quase ninguém parece estar ciente de que eles estão substituindo-o por: isobutirato de acetato de sacarose.

BVO sendo substituído por isobutirato de acetato de sacarose

A ideia de remover todas as substâncias químicas sintéticas de seus produtos, aparentemente, nunca ocorreu a Coca-Cola e a Pepsi. Seus produtos, não obstante, estão cheios de adoçantes artificiais e outros produtos químicos, e verifica-se que eles precisam usar produtos químicos emulsificantes para evitar que todos os seus ingredientes químicos se separem.

Então, agora eles estão se voltando para o isobutirato de acetato de sacarose (SAIB), uma substância química que todos nós esperamos ser mais segura do que o BVO. Mas um estudo publicado na revista Food and Chemical Toxicology descobriu que os cães alimentados com este produto químico mostraram fígados dilatados e função da enzima hepática alterada: (1)

Estudos preliminares de toxicidade de curto prazo do isobutirato de acetato de sacarose (SAIB) no cão demonstraram que a adição deste aditivo na dieta foi associado com um aumento do tamanho do fígado e atividade da fosfatase alcalina elevada sem qualquer evidência de alterações patológicas

O isobutirato de acetato de sacarose é produzido pela Eastman Chemical Company (2), a qual descreve a substância química como um “emulsificante ou agente de estabilizador de emulsões de  para evitar a separação de óleos essenciais de citrinos. Também é usado como um fixador de perfume e para proporcionar resistência à transferência de batom.

Estudos científicos mostram que o Isobutirato de Acetato de Sacarose (SAIB), quando ingerido por seres humanos, é em grande parte exalado através da respiração, indicando que o produto químico entra na corrente sanguínea ao ser ingerido por via oral e, em seguida, faz o seu caminho para os pulmões. (3)

Se você bebe bebidas feitas em fábricas, você está ingerindo produtos químicos

Conclusão nesta história? Mesmo quando empresas como a Coca-Cola e a Pepsi são forçadas pela pressão pública a remover um produto químico tóxico em seus produtos, eles simplesmente o substituem por um outro produto químico sintético. De qualquer forma, você ainda está bebendo produtos químicos sintéticos.

O fato de que os consumidores bebem Gatorade é absolutamente um triste comentário sobre o declínio da civilização moderna e o estado horrível do tóxico suprimento alimentar. Em vez bebidas frescas, sucos naturais que fornecem nutrientes à base de plantas, milhões de pessoas bebem sintéticos, bebidas esportivas artificiais feitas em fábrica cheios de produtos químicos sintéticos e corantes artificiais.

E apenas quando o público levanta preocupações sobre um ingrediente tóxico que os fabricantes fazem alguma alteração. Mas mesmo essas mudanças só substituem um ingrediente químico tóxico por outro.

Isto é como, dia após dia, milhões de consumidores são envenenados em um estado degenerado de doença crônica com alimentos e bebidas, processadas e sintéticas.

Referências:

(1) NCBI: Subchronic toxicity studies of sucrose acetate isobutyrate (SAIB) in the rat and dog.

(2) Eastman: Eastman Sustane™ SAIB (Sucrose Acetate Isobutyrate), Food Grade, Kosher

(3) PubChem: sucrose acetate isobutyrate

Participe também da discussão sobre o assunto no Fórum Notícias Naturais!



Leia mais:

Após Petição, Coca-Cola Retira Ingrediente Polêmico de Bebidas






Coca-Cola Brasileira tem Maior Taxa de Produto Cancerígeno no Mundo

Fontes:

Notícias Naturais: Coca-Cola e Pepsi Substituem o Tóxico BVO por Outro Produto Químico: Isobutirato de Acetato de Sacarose (SAIB)

– Natural News: Coke and Pepsi replacing toxic brominated vegetable oil (BVO) with another chemical: sucrose acetate isobutyrate (SAIB)

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>