«

»

mai 10

Banco Mundial e Nestlé Querem Privatizar a Água Mundial

GD Star Rating
loading...
http://www.anovaordemmundial.com/2014/05/banco-mundial-e-nestle-querem.html

 

O Banco Mundial se junta a Nestlé em querer privatizar a água, considerando “extremista” sugerir que os nascidos neste planeta têm o direito natural à água limpa e potável. Enquanto isso, Abby Martin do Russia Today relata que o grupo de fiscalização Corporate Accountability International lançou recentemente uma nova análise mostrando que:

Investir em água privada não estende o acesso e também é contraproducente para o desenvolvimento econômico. Por outro lado, o investimento em infraestrutura, abandonado pelo setor corporativo, é o lugar onde o benefício real pode ser alcançado: a OMS (Organização Mundial de Saúde) estima  mais de 10 dólares do benefício econômico de cada $1 investido em sistemas de infraestrutura de água.

Também comentando sobre o impulso do Banco Mundial para a privatização da água, Al Jazeera relata:

Seu banco de dados do projeto para a participação privada em infraestrutura documenta uma taxa de falha de 34 por cento para todos os contratos de água e esgoto privados celebrados entre 2000 e 2010, em comparação com uma taxa de falha de apenas 6 por cento para a energia, de 3 por cento para as telecomunicações e 7 por cento para o transporte, durante o mesmo período.

Público ou privado, os abastecimentos de água estão diminuindo. Em um relatório chocante de 2012, da Agência de Inteligência de Defesa dos EUA de Avaliação da Comunidade de Segurança Global da Água afirma que a necessidade global de água irá exceder a oferta em 40% nos próximos 25 anos.

Isso significa que para cada 3 pessoas neste planeta, só haverá água suficiente para duas pessoas“, diz Kacper (como o fantasma) Postawski. Agora, as três fontes principais de água em os EUA estão secando rapidamente:

* Aquífero Ogallala;

* Lago Mead; e

* Rio Colorado.

A Avaliação DIA adverte que 36 estados já estão, ou estarão em breve, enfrentando a escassez de água. Eles estimam que a Califórnia tem apenas um suprimento de 20 anos de água doce, no uso atual.

Estamos enfrentando problemas extremos de água que só uma mentalidade voltada para a comunidade pode resolver, e não um paradigma empresarial com fins lucrativos previsto pelo Banco Mundial, Nestlé, Bechtel, etc.

Em 2013, a Universidade de Engenharia e Tecnologia, em Lima, no Peru usou um puro truque de tecno-engenharia para agarrar a atenção dos potenciais alunos. Eles colocaram um outdoor que capta a umidade atmosférica, que passa através de um sistema de osmose reversa , e a armazena em um tanque para moradores acessarem gratuitamente. Os cinco condensadores envolvidos fornecem cerca de 100 litros de água por dia, e todo o sistema custa US$ 1.500.

Ainda melhor, é o sistema de 500 dólares desenvolvido na Etiopa. Usando um design completamente diferente e esteticamente mais agradável, Arturo Vittori e Andreas Vogler inventaram a Água Warka, uma estrutura que utiliza plantas locais, e também extrai cerca de 25 litros por dia. Porque não são necessárias ferramentas especiais ou materiais fabricados, uma vez que os moradores entendem como construir a estrutura de um entrelaçamento como um vaso, eles podem reparar se necessário, e passar a tecnologia para as aldeias vizinhas.

O instituto Smithsonian explica que cada detalhe dos 30 metros da torre tem um propósito funcional. A carcaça externa é feita de bambu, forte o suficiente para resistir a rajadas de vento, embora ainda permita o fluxo de ar. Uma rede de malha interna coleta o orvalho, conduzindo-o em direção ao recipiente interior de recolhimento. Citando o Smithsonian e outras fontes, Kevin Samson também escreveu um artigo detalhado sobre ele.

Ninguém está lucrando com a Torre da Água Warka, mas os US$ 500 do investimento, ou melhor, a doação à “infra-estrutura pública”, fornecerá água a milhares de pessoas em uma nação atingida pela seca. Esta é uma solução vencedora que supera de longe o vaso sanitário que converte água suja para potável de Bill Gates de $2.200, e que custa ainda mais para operar, colocando-o fora do alcance de quem precisa.

Abaixo está um vídeo curto sobre a estrutura, ou você pode assistir a uma apresentação muito maior do designer:

Leia mais: 

“Há uma Enorme Conspiração Global” Diz Ex-Conselheira Sênior do Banco Mundial







Fontes:

Activist Post: Water Liberty: How Innovation Trumps Privatization

Activist Post: Nestlé CEO Denies That Water is an Essential Human Right

– World Bank’s Takeover of Water | Brainwash Update (Youtube)

– Corporate Accountability Internacional

– Aljazeera: World bank wants water privatized, despite risk 

– The world bank Group: Sector Data Snapshots

– Global Water Security: Intelligence Community Assessment (PDF)

– The Christian Science Monitor: Ogallala aquifer: Could critical water source run dry?

– The New York Times: Colorado River Drought Forces a Painful Reckoning for States

Smithsonian: The Colorado River Runs Dry

– The billboard that produces potable water out of air (Youtube)

– Architecture and Vision: Warkawater

– Smithsonian: This Tower Pulls Drinking Water Out of Thin Air

– Activist Post: Is This New Device a Solution for Free Clean Drinking Water?

– 073 | Warkawater | 2012 (Youtube)

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>