«

»

abr 24

Putin Responde a Snowden: “A Rússia Faz Vigilância em Massa?”

GD Star Rating
loading...

 

Em um programa gravado em vídeo, Putin responde a Edward Snowden se a Rússia teria programas de vigilância em massa como os dos EUA. Teria sido tudo planejado?

Temos uma pergunta em vídeo, que chega do nosso call center. Anna, por favor.

Anna Pavlova: Temos um vídeo surpresa, que me parece sensacional. Foi enviado pela pessoa que provocou uma revolução na informação, ao expor o programa de vigilância em massa que afetou milhões de pessoas em todo o mundo. Sr. Presidente, há uma pergunta do ex-agente de segurança Edward Snowden.

Vladimir Putin: É mesmo?



Edward Snowden: Zdravstvuyte. Queria perguntar-lhe sobre a vigilância em massa de comunicações online e sobre a coleção gigante de gravações privadas, feita por serviços policiais e de inteligência.

Recentemente, os EUA, duas investigações independentes da Casa Branca, além de uma corte federal norte-americana concluíram que esses programas não têm efeito no trabalho de conter o terrorismo. Declararam também que são intromissão inaceitável na vida privada dos cidadãos – indivíduos que jamais foram suspeitos de ter feito qualquer coisa errada ou de qualquer atividade criminosa; e que esses programas não são o meio menos intrusivo acessível para aquelas agências, em seu trabalho de investigação.

Tenho ouvido alguma discussão pública sobre o envolvimento também da Rússia em políticas de vigilância em massa. Por isso, gostaria de perguntar ao senhor:

A Rússia intercepta, armazena ou analisa, seja pelo método que for, as comunicações de milhões de indivíduos? E o senhor acredita que o simples objetivo de aumentar a efetividade da inteligência ou de investigações policiais justificaria pôr sociedades inteiras – não só alguns indivíduos – sob vigilância? Obrigado.

Kirill Kleymenov: Sr. Presidente, o senhor entendeu a pergunta?



Vladimir Putin: Sim, alto e claro.

Kirill Kleymenov: É pergunta técnica, profissional, do Sr. Snowden. O senhor fala inglês, como vemos, nos encontros com governantes estrangeiros. Mas tentarei traduzir a pergunta para o público que nos assiste.

Vladimir Putin: O inglês norte-americano é um pouco diferente…

Kirill Kleymenov: Tentei escrever a pergunta, que tem alguns aspectos técnicos…

Vladimir Putin: Pelo que compreendi, ele quer saber se os russos fazemos vigilância eletrônica em massa.

Kirill Kleymenov: Ele falou de vigilância em massa das comunicações online e da coleção, no sentido de arquivarem e guardarem gravações privadas. Disse que uma corte federal nos EUA concluiu que esses programas não são efetivos para conter o terrorismo. É importante admissão de um fato. Disse também algo sobre intromissão na vida privada dos cidadãos comuns. O Sr. Snowden também disse que tem visto a discussão pública lançada na Rússia, sobre esse tópico. No final, pergunta ao senhor se a Rússia intercepta, armazena ou analisa, seja pelo método que for, as comunicações de milhões de indivíduos. E quer saber se o senhor crê que essa vigilância em massa seja justificável.

Vladimir Putin: Sr. Snowden, o senhor é ex-funcionário de inteligência, e eu também trabalhei para uma agência de inteligência. Falemos como profissionais que sabem do que falam. Para começar, a Rússia tem leis que regulam estritamente o uso de equipamento especial pelos serviços de segurança, incluindo equipamento para gravar conversas privadas e para vigilância de comunicações online. Todos os agentes têm de obter uma ordem de corte de justiça para poder usar aquele equipamento num caso específico. Assim sendo, pelo que determina a lei russa, não há, nem pode haver, vigilância em massa, indiscriminada.

Dado que os criminosos, inclusive os terroristas, usam esses modernos sistemas de comunicação para sua atividade criminosa, os serviços de segurança têm de ter meios para poder responder adequadamente, e usam equipamento moderno para combater o crime, inclusive o terrorismo. Sim, nós fazemos isso. Mas não em vasta escala, nem arbitrariamente.

Espero – desejo sinceramente – que nós jamais venhamos a agir desse modo. Além do mais, nós não temos, nem todas as capacidades técnicas, nem todo o dinheiro com que os EUA contam para essa finalidade.

Mas o aspecto principal é que, felizmente, os serviços de segurança russos são rigorosamente controlados pelo estado e pela sociedade, e a operação desses serviços é estritamente regulada por lei. *****

* Programa “Direct Line with Vladimir Putin”, transmitido ao vivo pelos canais Channel One, Rossiya-1 e Rossiya-24, pela rádio FM Mayak e Vesti FM e pela Radio Rossii [a íntegra do programa está em tradução (NTs)].

Traduzido por Vila Vudu



Leia mais:


Sim, Você Está sob Vigilância






“Há uma Enorme Conspiração Global” Diz Ex-Conselheira Sênior do Banco Mundial







Fontes:

President of Russia: Direct Line with Vladimir Putin


Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>