«

»

abr 07

CEO da Bayer: “Não Criamos Este Medicamento para os Indianos, mas para Ocidentais que Podem Pagar”

GD Star Rating
loading...

Notícias Naturais

O CEO da gigante farmacêutica Bayer provocou fúria depois de anunciar que um dos medicamentos da empresa “não era para os indianos,  mas pacientes do ocidente que podem pagar”

Marijn Dekkers fez os comentários inflamatórios após a empresa indiana Natco Pharma Ltd ter recebido uma licença do governo para produzir uma cópia do medicamento contra o câncer Nexavar da Bayer, que será vendido por 97 por cento menos do que o produto original.

Segundo a lei da Índia, o governo indiano concede licenças compulsórias para as empresas nacionais para produzirem cópias de medicamentos, se o original não estiver disponível localmente a um preço razoável, não importando se eles estão sob patente.

Sr. Deekers, que descreveu anteriormente que as leis de patentes da Índia são “essencialmente roubo”, disse: ” Nós não desenvolvemos este medicamento para os indianos. Nós o desenvolvemos para os pacientes ocidentais que podem pagar“.

O Nexavar, que também é conhecido como Sorafenib, foi aprovado para o tratamento do câncer de rim, câncer do fígado avançado (carcinoma hepatocelular), e os cânceres da tiróide, que são resistentes ao tratamento com iodo radioativo.

Atualmente um paciente com câncer renal pagaria 96.000 dólares (214 mil reais) para um ano de uso do medicamento da Bayer. No entanto, o custo da versão Natco seria em torno de $2.800 (R$ 6.261,00).

Sr. Deekers depois postou um comentário em um blog da revista Forbes alegando que ele lamentou a forma como o comentário foi recebido.

Ele escreveu: “Lamento que o que era uma resposta rápida minha no âmbito de um painel de discussão na recente conferência FT Pharma acabou sendo recebida de uma forma diferente da que eu pretendia“.

No entanto, eu estava particularmente frustrado com a decisão do governo indiano, de não proteger a patente de Nexavar que nos foi dada pela autoridade de patentes indiana“.

O Dr. Manica Balasegaram, diretor executivo da Campanha para Acesso da organização Médicos Sem Fronteiras, que está tentando aumentar a disponibilidade de medicamentos contra o câncer nos países em desenvolvimento, disse que os comentários do Sr. Dekker resumiram ‘tudo o que está errado com a indústria farmacêutica multinacional“.

Ele acrescentou: “A Bayer está efetivamente admitindo que as drogas que eles desenvolvem estão sendo deliberadamente racionadas para os pacientes mais ricos. Este é um efeito colateral da maneira que as drogas são desenvolvidas hoje“.

As companhias farmacêuticas estão singularmente focadas em lucro e agressivamente forçando suas patentes e os altos preços dos medicamentos. Doenças que não prometem lucros são negligenciadas, e os pacientes que não podem pagar são ignorados“.

“As empresas farmacêuticas alegam que se preocupam com as necessidades de saúde globais, mas o seu histórico diz o contrário.”

Fontes:

Notícias Naturais: Diretor da Bayer: “Não Criamos Medicamentos para os Indianos, mas para os Ocidentais que Podem Pagar”

Mail Online: Pharmaceutical chief tries to stop India replicating its cancer treatment

Forbes: Does Pharma Only Develop Drugs For Those Who Can Pay?

CEO da Bayer: “Não Criamos Este Medicamento para os Indianos, mas para Ocidentais que Podem Pagar”, 10.0 out of 10 based on 1 rating

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>