«

»

mar 03

[Projeto Pheme] Detector de Mentiras para as Redes Sociais

GD Star Rating
loading...

Blog Anti-NOM

Mais uma arma contra a mídia independente. Um sistema financiado pela União Europeia irá classificar as notícias na internet mediante sua suposta credibilidade. Será uma forma indireta de censurar a internet? Veja abaixo a notícia do Russia Today:

Um detector de mentiras está sendo desenvolvido com a finalidade de poder comprovar automaticamente a veracidade de tudo o que se afirma no Twitter, Facebook e outras redes sociais.

Analisando online se determinada mensagem é verdadeira ou falsa, o novo sistema está destinado a ajudar aos jornalistas, agências governamentais, serviços de emergências ou ao setor privado a responder de maneira mais eficaz a informação compartilhada na web.

Em nossa era digital, os rumores são divulgados muito rápido e em certos aspectos podem desencadear consequências muito graves.

As redes sociais tem um papel cada vez mais importante nos movimentos sociais, tanto para ajudar a organizar protestos e assistência médica, como para gerar o pânico.

O projeto Pheme, financiado pela UE e encabeçado por um grupo de pesquisadores da Universidade de Sheffield no Reino Unido, busca “separar o joio do trigo“.

Com este objetivo, classificarão os rumores da Internet em quatro categorias: especulação (por exemplo sobre se as taxas de juros vão subir ou não); controvérsia (como discussões sobre a vacina tríplice viral); informação errada que se divulga não intencionalmente e desinformação (ou seja, informação incorreta ou errônea que se compartilhe de maneira interessada).

O sistema também categorizará automaticamente as fontes de informação para avaliar sua credibilidade: agência de notícias, jornalistas independentes, peritos, testemunhas potenciais de acontecimentos ou fontes robóticas.

Além disso, o sistema buscará fontes que confirmem ou desmintam a informação e refletirão a evolução das conversações na rede social para chegar a conclusões sobre a credibilidade da informação.

Os resultados aparecerão em uma placa visual ao usuário para dar-lhe a entender que se trata de um rumor ou de uma notícia verídica.

O sistema projetado será testado em dois domínios do mundo real. Para seu uso no jornalismo digital, será testado na seção eletrônica do Swiss Broadcasting Corporation, swissinfo.ch.

Da mesma forma ele será testado no Instituto de Psiquiatria del King´s College de Londres, que rastreará novas drogas recreativas nas tendências das discussões online e averiguará a rapidez de sua aparição nos registros sanitários de pacientes em consultórios médicos.

O projeto conta também com a colaboração de pesquisadores da Alemanha e Áustria e empresas da Espanha, Quênia e Bulgária.

Participe da discussão no Fórum Anti-NOM.

Fontes:

RT: Desarrollan un detector de mentiras para las redes sociales

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>