«

»

jan 27

A Verdade Chocante Sobre o Ressurgimeno da Poliomelite na Síria e a Troca de Regime

GD Star Rating
loading...

Teria o surto de pólio na seria sido causado pelas vacinas “gentilmente” fornecidas pela fundação filantrópica de Bill Gates, vacinas estas que deveriam justamente evitar a doença?

Omran al-Zoubi, ministro da informação Síria, disse que seu governo não aceitará a ideia de entregar o poder ou instalar um governo de transição durante esta crise do vírus da poliomielite.

A ONU vai se reunir em Genebra na Suíça, no final deste mês, e na pauta de negociações está a proposta de que o presidente sírio, Bashar al-Assad se afaste e uma oposição unida seja colocada interinamente enquanto uma forma mais estável de governo é criada.

Al-Zoubi disse à imprensa que o seu governo “não irá transferir o poder para formar um governo de transição”.

Em relação ao vírus da poliomielite, Kindah al-Shammat, ministro sírio dos assuntos sociais, disse : “O vírus se originou no Paquistão e foi trazido à Síria pelos jihadistas que vêm do Paquistão.”

No Paquistão, a Fundação Bill e Melinda Gates (BMGF) e a Aliança Global para Vacinas e Imunização (GAVI) foram atribuídos ao surto de poliomielite flácida aguda  que veio à tona na região e matou 10.000 crianças paquistanesas que foram inoculadas.

Enquanto no Paquistão, Gates e GAVI se reuniram em parceria com o Banco Mundial e Fundo de População das Nações Unidas da década de 1970 sob a Força-Tarefa sobre Vacinas para Regulação de Fertilidade. A Força-Tarefa “, … atua como um órgão de coordenação global da vacina anti-fertilidade vacina R&D.” GAVI é fortemente financiada pelo BMGF para os projetos de vacinação globais.

Verificou-se por meio de uma investigação, que a GAVI estava usando vacinas não testadas. Dando esta perigosa vacina para as crianças paquistanesas mostra a falta de empatia associada a estas organizações.

GAVI foi responsabilizada pela morte de 10.000 crianças no Paquistão quando entraram e administraram vacinas contra a poliomielite, que resultaram em mortes.

Neste caso, a poliomielite que está se espalhando através da Síria seria uma “poliomielite derivada da vacina”, proveniente da “vacina oral contra a poliomielite”, que contém um vírus atenuado (enfraquecido) “- ou vírus ativo da pólio.

Este tipo da poliomielite pode “espalhar-se pela comunidade imediatamente” e é especialmente perigosa “a uma população que é seriamente sub-imunizada ”.

Isto descreveria a Síria, porque o vírus da pólio ainda não foi identificado no país há quase 2 décadas.

Este fenômeno é chamado poliovírus circulante derivado da vacina (CVDPV).

À espera nos bastidores para assumir a Síria desde 2012, está a Coalizão Nacional Síria (SNC).

No ano passado, a ex-secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, pediu a criação de um novo conselho para defender os direitos do povo sírio, como definido pela ONU, EUA e Reino Unido. Era esperado que este novo grupo de liderança tomasse mais direção para aqueles terroristas recrutados que lutam nas batalhas na Síria.

Este foi um dos princípios fundamentais da facção manda-chuva chamada SNC.

George Sabra, líder selecionado da SNC afirma ser um cristão que estudou em Israel e os EUA. Sabra é formado em tecnologia educacional e geografia, bem como tem trabalhado para o controle globalista Sesame Street.

No entanto, os laços de Sabra com a Irmandade Muçulmana através de salafistas fazem dele o líder perfeito para a SNC.

Sancionada pela ONU, a SNC tem como objetivo ser uma organização oculta que pode fornecer armas para facções terroristas sírias como o Exército Sírio Livre (FSA), assumir o controle sobre os recursos nacionais e contrabandear armas para as mãos designadas. Estas facções dependem do apoio da ONU e grupos para abastecê-los com armas de nível militar, tanques e artilharia pesada.

A SNC é constituída por “representantes de todos os grupos de oposição que lutam para derrubar” o governo sírio liderado por Assad.

Os membros são da Irmandade Muçulmana e outros extremistas Islâmicos que se reuniram em agosto deste ano para formar a SNC. Eles empregaram o apoio dos EUA e da ONU, quando eles provaram ser uma ferramenta vital para coagir ativistas e minorias, apoiando a sua agenda de guerra.

Chamada originalmente de Coalizão Nacional Síria da Oposição e das Forças Revolucionárias (NCSROF), que foi projetada para facilitar a lavagem de dinheiro através de canais governamentais para as facções terroristas apropriadas que lutam por representação dos sionistas contra Assad.

Mark Toner, porta-voz do Departamento de Estado dos EUA observou: “Estamos ansiosos para apoiar a Coligação Nacional, uma vez que traça um curso para o fim do regime sangrento de Assad e o início do futuro democrático pacífico que todo o povo da Síria merece.”

Originada fora das negociações na Arábia Saudita, dos EUA e vários países árabes, incluem membros de facções terroristas aprovados e política dissonante que se unem para tornar-se de fato o governo escolhido para substituir Assad.

Desenvolvido pela ONU, a União Europeia e os EUA, a SNC está sendo preparada para se tornar o próximo passo obrigatório e fundamental em destruir a soberania da Síria e substituí-la pela “democracia”.

Considerando o poder da ONU, espera-se que a SNC tome o assento do Conselho Nacional de Transição na ONU, como a Arábia Saudita e as forças que buscam deslegitimar na prática este governo em execução na Líbia.











 

Fontes:

Daily Headline News: The Shocking Truth About Syrian Polio Resurgence & Regime Change

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>