«

»

dez 28

Al Gore Previu Ártico sem Gelo em 2013; Calota Polar se Expande 50 Por Cento!

GD Star Rating
loading...

Al Gore, o autodenominado guru “do aquecimento global”, e mais um bando de supostos “cientistas do clima”, estão com a cara no chão literalmente. Em 2007, 2008 e 2009, Al Gore publicamente e muito histericamente advertiu que o Pólo Norte ficaria “sem gelo”, por volta de 2013 por causa do suposto “aquecimento global provocado pelo homem”. Citando especialistas do “clima”, a BBC, TV sensacionalista financiada pelo governo britânico, alardeardeou a histeria em massa, transmitindo um programa agora embaraçoso sob a manchete: “Verões no Ártico sem gelo ’em 2013′“. Outros meios de comunicação em massa fizeram o mesmo.

Bem, 2013 está quase no fim , e ao contrário das “previsões” alarmistas de Al Gore, as quais os críticos chamam de seu “culto apocalíptico”, os dados de satélite mais recentes mostram que a cobertura de gelo do mar no Ártico na realidade se expandiu 50 por cento em relação aos níveis de 2012. De fato, em outubro, os níveis do gelo cresceram no ritmo mais rápido desde que os registros começaram em 1979. Especialistas preveem que a expansão deve continuar nos próximos anos, deixando os alarmistas do aquecimento global procurando freneticamente explicações para  manter a reputação – e para reviver a histeria climática que está derretendo rapidamente.

Em setembro, os dados também mostraram que os níveis do mar de gelo na Antártida haviam se expandido para níveis recorde, pelo segundo ano consecutivo. É claro que até agora, praticamente todo mundo que tem acompanhado notícias sobre o “aquecimento global” – agora mais frequentemente referido como “mudanças climáticas” devido a preocupações com relações públicas – também sabe que as temperaturas globais não subiram desde mais ou menos 17 anos atrás. A espetacular falta de aquecimento demoliu todos os 73 “modelos climáticos” usados ​​pela Organização das Nações Unidas para empurrar suas teorias controversas.

Porém, de acordo com as teorias e previsões duvidosas avançadas por Al Gore e outros alarmistas, nada disso deveria estar acontecendo. Falando para uma audiência na Alemanha há cinco anos, Al Gore – às vezes ridicularizado como “O Goracle” – alegou que “toda a Calota ‘Polarizada’ Norte vai desaparecer em 5 anos”. Apesar do vídeo original em particular da previsão furada parece ter sido limpo da Internet, blogueiros conservadores conseguiram rastrear o mesmo vídeo em outras fontes. “Cinco anos”, Gore enfatizou mais uma vez, é “o período de tempo durante o qual se esperada que ela desapareça.”

No ano seguinte, Gore fez alegações semelhantes na cúpula do “clima” da ONU em Copenhagen. “Alguns dos modelos… sugerem que há uma chance de 75 por cento que toda a calote polar norte, durante alguns dos meses de Verão, poderá ficar completamente livre de gelo dentro dos próximos cinco a sete anos“, afirmou Gore em 2009. “Nós iremos descobrir.” De fato, a previsão falsa aparece descontroladamente fora do alvo, para dizer o mínimo, mas a imprensa de massa e Al Gore, aparentemente, não querem que o mundo saiba disso.

Para ser justo, Gore não foi o único histérico proponente de clima apocalíptico que agora parecem tolos. Em dezembro de 2007, a BBC destacou supostos “estudos de modelagem” que supostamente “indicam que as águas do polo norte poderia ficar totalmente sem gelo no verão dentro de apenas 5-6 anos.” Por incrível que pareça, alguns dos supostos “especialistas” chegaram a afirmar que isto poderia acontecer até mesmo antes, citando cálculos realizados por “super computadores” que a BBC observou que “tornou-se parte da ciência do clima nos últimos anos.”

Nossa projeção de 2013 para a retirada do gelo no verão não está levando em conta estes dois últimos mínimos, de 2005 e 2007, ” afirmou o professor Wieslaw Maslowski, descrito como pesquisador da Naval Postgraduate School, que estava trabalhando com colegas da NASA para chegar a estas agora completamente desacreditadas previsões sobre o gelo polar. “Assim, dado esse fato, você pode argumentar que pode ser que a nossa projeção de 2013 seja já muito conservadora“. Outros “especialistas” citados no artigo da BBC concordaram com a histeria.

No mundo real , no entanto, a evidência científica demolindo as teorias do aquecimento global avançadas por Gore, pela ONU e pelos “cientistas do clima” financiados pelo governo continua a crescer, juntamente com a cobertura de gelo em ambos os hemisférios. No Ártico, por exemplo, os dados recolhidos pelo programa espacial Cryosat da Europa apontam para cerca de 9.000 quilômetros cúbicos de gelo no final da temporada de derretimento de 2013. Em 2012, que era reconhecidamente um ano de baixa, o volume total foi de cerca de 6.000 quilômetros cúbicos – cerca de 50 por cento menos do que o total de 2013. Populações de ursos polares estão também prosperando.

Do outro lado no hemisfério sul, os dados revelaram-se ainda mais devastadores para o que os supostos “cientistas do clima” foram pegos referindo-se a como sua “causa” nos profundamente embaraçosos e-mails do escândalo ClimateGate (Ler mais sobre o ClimateGate aqui). Em primeiro lugar, os números de 2012 mostraram um alto nível recorde de cobertura de gelo do mar – mais do que em qualquer momento desde que os registros começaram em 1978. Este ano, um novo recorde, com gelo que cobre mais de 19,5 milhões de quilômetros quadrados de oceano ao redor da Antártica em setembro.

Em todo o mundo, enquanto isso, recordes de temperaturas baixas continuam a fazer uma paródia de teorias “aquecimento global”. Mesmo que seja uma evidência anedótica, Cairo no Egito, acabou de ver a sua primeira queda de neve em mais de 100 anos. Nos Estados Unidos tem havido milhares de novos recordes de temperaturas frias e nevascas só no mês de dezembro. Em uma reviravolta extremamente bizarra, alguns “cientistas do clima” até mesmo começam a afirmar que as baixas temperaturas são na verdade mais evidências do “aquecimento global”.

Para explicar a universalmente reconhecida falta de aquecimento nos últimos 17 anos que desafia de todas as teorias climáticas da ONU, os “cientistas do clima” financiados pelo governo e pela ONU têm cada vez mais apontado que os críticos ridicularizam como a teoria do “O oceano comeu meu aquecimento global“. Sob forte pressão política da administração Obama e outros governos, a ONU usou a teoria, apesar da falta de qualquer evidência observável para sugerir que o oceano profundo está realmente comendo o aquecimento global previsto pela ONU .

Aparecendo cada vez mais distante da realidade para cientistas independentes, a ONU afirmou em seu último relatório que o aquecimento global existe 95 por cento de certeza de que as emissões humanas de dióxido de carbono eram responsáveis ​​pelo aumento das temperaturas. Essas alegações, que se tornaram piada hoje em todo o mundo, foram feitas apesar do fato de que cada um de seus modelos computacionais ter sido totalmente desacreditado pela falta de aquecimento nos últimos 17 anos. Muitos especialistas agora estão mesmo prevendo um resfriamento global.

Os principais cientistas e especialistas de todo o mundo – até mesmo muitos que fizeram parte do IPCC (Painel Intergovernamental da ONU sobre Mudança do Clima) – ridicularizaram a ONU e seu desacreditado relatório “climático”. A maioria dos governos e ditadores, no entanto, continuam jogando junto com o que alguns especialistas chamam de farsa do clima  ou “hoax”, principalmente devido aos incentivos inerentes e fundos dos contribuintes que ajudam a perpetuar o alarmismo injustificado.

Para os ditadores do terceiro mundo, o objetivo parece ser a garantia de trilhões em dinheiro do contribuinte ocidental sob o pretexto de reparações do “clima” e “justiça”. Para os governos de nações mais ricas, o final do jogo parece ser impostos de carbono e um regime planetário do clima com de poderes sem precedentes sobre a humanidade. Reunidos em Varsóvia para a última cúpula do clima da ONU, mesmo enquanto a implosão da “ciência” por trás de teorias do aquecimento global estava acelerando, os regimes de membros concordaram em finalizar um tratado climático global até 2015.

As pesquisas mostram que, apesar de centenas de bilhões de dólares dos contribuintes desperdiçados no alarmismo do aquecimento global, o público americano ainda se recusa a aceitar amplamente as teorias do aquecimento artificial avançadas por uma ONU cada vez mais desacreditada e seus aliados. Uma pesquisa de setembro de prováveis ​​eleitores, por exemplo, descobriu que apenas 43 por cento dos prováveis ​​eleitores americanos acreditam que o alegado “aquecimento global” é causado pela atividade humana. O mesmo número acreditam que não é.

Apesar dos ferozes ataques e ameaças – algumas delas expostas no escândalo ClimateGate – os cientistas estão cada vez mais também pulando do naufrágio do navio “climático”. Até mesmo alguns dos principais governos estão trabalhando para conter o alarmismo fora de controle, como as autoridades da Austrália, eleitas em um deslizamento de terra no início deste ano, prometendo libertar a nação das “taxas de carbono”, enquanto anulam grande parte do rolo compressor de “aquecimento global” financiado pelo contribuinte. Apelos para processar por fraude os “cientistas do clima” estão crescendo também.

Até agora, apesar de ter exagerar as previsões absurdas há cinco anos, a imprensa corporativa não foi capaz de informar seus leitores cada vez menores que Al Gore e seus companheiros alarmistas foram embaraçosamente comprovados errado. Nenhum pedido de desculpas veio Al Gore, e nenhum dos “cientistas” que fizeram as previsões ridículas pediu desculpas ou perdeu o emprego financiado pelos contribuinte dos EUA. Na verdade, quase inacreditavelmente, a imprensa de massa está repetindo as novas afirmações dos mesmos desacreditadas “especialistas “, sugerindo que o Ártico estará “sem gelo” em 2016.

Como Al Gore disse em 2009, “Nós iremos descobrir“.

Saiba mais:

[VIDEO] Um ano depois do Climategate, o que mudou?
http://blog.antinovaordemmundial.com/wp-content/uploads/2010/11/ClimateGate.png

Conheça o que Dizem os Céticos Sobre o Aquecimento Global

 

Última Notícias Sobre o Climategate e o Blackout da Mídia no Brasil
http://newsbusters.org/static/2009/11/AP%20Promotes%20Copenhagen%20%27Momentum%27,%20Ignores%20ClimateGate.jpg

Climagate: Caiu a Verdadeira Máscara do Aquecimento Global Antropogénico

http://www.infowars.com/images/church.jpg 

Fontes:

New American: Al Gore Forecasted “Ice-Free” Arctic by 2013; Ice Cover Expands 50%

Al Gore Previu Ártico sem Gelo em 2013; Calota Polar se Expande 50 Por Cento!, 5.0 out of 10 based on 1 rating

Artigos relacionados:

2 comentários

  1. Paulus Paulino de Paula

    O Al Gore deve ter comido uma cartela de viagra achando que era pastilha de menta, por isso que ele sente tanto calor.
    E o mais hilário dessa história é a babaquice e a prepotência a nível esquizofrênico dos cientistas e ativistas acalorados que fazem expedições ao polo sul para ver se as geleiras estão derretendo, como se tivessem poder sobre a natureza.
    E se as geleiras derretessem mesmo o que meia dúzia de idiotas iriam fazer? Será que eles poderiam tentar assoprar para refrescar o continente gelado? Ou talvez levar um ar-condicionado para os pinguins.

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  2. MarceloDF

    Climategate nesses canalhas.

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>