«

»

dez 17

A NSA Utiliza Cookies do Google Para Identificar Alvos Para Espionagem

GD Star Rating
loading...

A Agência Nacional de Segurança dos EUA utiliza ferramentas da Internet que permitem que os anunciantes rastreiem os consumidores usando cookies para identificar alvos, a fim de realizar atos de espionagem.

Segundo o jornal “The Washington Post”, que utiliza dados fornecidos por Edward Snowden, a técnica utilizada por empresas para monitorar os consumidores através da Internet, a fim de aumentar a eficácia da sua publicidade abre a porta para o governo executar uma faixa similar.

Alguns slides da NSA fornecidos por Snowden também sugerem que a agência está usando essas técnicas de monitoramento para ajudar a identificar alvos para hackear e reforçar a vigilância.

Segundo os documentos, a NSA e a sua congênere britânica, a GCHQ (Government Communications Headquarters), encontraram um uso particular de cookie específico do Google  conhecido como cookie PREF. Esses ‘cookies’ não costumam armazenar informações pessoais, como o nome de uma pessoa ou seu endereço de e-mail, mas contêm códigos numéricos que permitem que sites possam identificar exclusivamente o navegador do usuário.

Além disso, o cookie permite que a NSA identifique as comunicações de uma pessoa na internet, a fim de enviar um software que possa invadir o seu computador. Os slides mencionam que os cookies são usados ​​para “realizar explorações remotas.”

Outro slide indica que a NSA está coletando dados de localização transmitidos por aplicações móveis que são normalmente usados ​​para fins publicitários. O programa da NSA, cujo nome é HAPPYFOOT, ajuda a agência a atribuir endereços da Internet a locais físicos da forma mais precisa possível mediante os serviços de geolocalização da internet tradicional.

Leia mais:

NSA Monitora Posição de ‘Milhões’ de Celulares no Mundo Inteiro

 

Google quer Microfones em seu Teto e Microchips Dentro de Sua Cabeça!

A NSA também está usando informações coletadas para a localização de dispositivos móveis em todo o mundo, mostram os  documentos fornecidos por Snowden. Muitos aplicativos para iPhones, dispositivos Android e os sistemas operacionais da Apple e do Google rastreiam a localização dos dispositivos, muitas vezes sem um aviso claro para o proprietário do telefone. Esta informação é mais específica do que os dados de localização que o Governo dos EUA estão coletando em redes móveis, sublinha o ‘The Washington Post’.

Chris Hoofnagle, professor na Universidade de Berkley Direito, disse para o Washington Post: “Em um nível macro, ‘precisamos acompanhar todos em todos os lugares’ para a publicidade” se traduz em “o governo quer ser capaz de rastrear todos em todos os lugares. É difícil de evitar”

Consequências para a indústria de tecnologia dos EUA

Tais revelações que continuam a vir à tona desde junho não existem em uma bolha, como as empresas de tecnologia começaram a descobrir. Daniel Castro, analista sênior da Information Technology com sede em Washington e do think-tank Innovation Foundation, escreveu em um novo estudo que “toda a indústria tecnologia [da América] foi implicada e agora está enfrentando uma reação global.

O Silicon Valley da Califórnia – que se tornou uma das indústrias globais dominantes graças à popularidade da Apple, Google, Facebook e outros – está agora prestes a perder US$ 35 bilhões em receita enquanto usuários internacionais procuram alternativas para evitar “as garras” da NSA.

Se espera que as Empresas de Computação em Nuvens (Cloud Computing) levem um duro baque ao longo dos próximos três anos, enquanto a confiança no setor de tecnologia dos EUA for atingida por vazamentos de vigilância, embora os autores do relatório advertem que o efeito dependerá em grande parte da extensão das técnicas de vigilância ainda secretas empregadas por outro governos.

O impacto do PRISM em empresas norte-americanas pode ser particularmente grave porque a computação em nuvem é uma indústria em rápido crescimento”, escreveu Castro. “Isso significa que os fornecedores de computação em nuvem não só tem que manter os clientes existentes, mas eles devem recrutar ativamente novos clientes para manter quota de mercado… Se as empresas americanas perderem sua quota de mercado a curto prazo, isto terá implicações de longo prazo sobre a sua vantagem competitiva neste novo setor“.

Traduzido por Jahaísa e Admin 


Fontes:

– RT: La NSA utiliza las ‘cookies’ de Google para identificar objetivos para espiar

– Washington Post: NSA uses Google cookies to pinpoint targets for hacking

A NSA Utiliza Cookies do Google Para Identificar Alvos Para Espionagem, 10.0 out of 10 based on 1 rating

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>