«

»

jul 25

Sexo Anal Faz Mal? Uma análise fisiológica

GD Star Rating
loading...

Este não é o tipo de assunto que normalmente você encontra neste blog, mas acho que vale a pena pela informação, apesar de saber que este assunto ser uma espécie de tabu na sociedade, especialmente quando apresentado seus aspectos negativos. Veja o vídeo (de 19 minutos) no fim do artigo.

Independentemente do que diga as revistas femininas, a mídia corporativa, o mercado da pornografia e o movimento gay, a Dra. Anete Guimarães mostra em detalhes todos os aspectos fisiológicos do sexo anal e seus riscos. Muito instrutivo.

Apenas para adiantar, ela fala sobre a enorme diferença do número de camadas do tecido vaginal e do intestinal, e como a fragilidade do tecido intestinal pode facilitar o envio de bactérias para o coração, podendo causar a Endocardite bacteriana, uma espécie de infecção no coração. Ela fala ainda sobre a diferença entre o muco vaginal e o intestinal, que no último aumenta o atrito. Também discute sobre o aumento estatístico da chance de câncer retal e câncer na próstata pela prática do sexo anal.
Acho que na questão do prazer, que ela diz no sexo anal ser inexistente para a mulher e da necessidade do uso de analgésicos, eu acho ela exagerou um pouco, apesar de eu não ter propriedade nem experiência para opinar sobre o assunto.
Também achei incorreto a forma como ela termina, dizendo que devemos orar mais, etc. Se é para ser objetiva, seja sem misturar as coisas, mesmo que seja por alguns segundos apenas no final do vídeo. O que não tira necessariamente o mérito do vídeo.

Cada um faz o que quer com seu “fiofó”, e nem eu nem ninguém tem nada com isso. Mas informação nunca é demais e este vídeo com certeza vai lhe dar uma perspectiva diferente sobre o assunto.

Sexo Anal Faz Mal? Uma análise fisiológica, 10.0 out of 10 based on 1 rating

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>