«

»

jun 08

Proeminente Político Suíço Solicita Prisão de Kissinger no Encontro do Grupo Bilderberg

GD Star Rating
loading...

Um membro proeminente do maior partido político da Suíça apelou às autoridades federais para que prendam Henry Kissinger como um criminoso de guerra se ele atender a conferência dos Bilderberg de 2011, que está previsto para começar na quinta-feira na Suvretta House Hotel em St. Moritz.

Dominique Baettig, representante do Partido Popular da Suíça, escreveu uma carta ao Procurador-Geral da Federação Suíça onde ele pediu: “Em nome de Soberania e Independência Cantonal, mas principalmente da independência da Justiça do Poder Executivo – seja ele federal ou cantonal – Eu peço para que você verifique no exterior por mandados de detenção emitidos por diversos tribunais e juízes e também para todas as reclamações criminais válidas contra as pessoas que estão, entre outros, citadas como simples exemplos nas minhas cartas (em anexo) à Sra. Simonetta Sommaruga, Conselheiro Federal e a Sra. Janom Barbara Steiner, Conselheira Cantonal,e é claro, para prendê-los antes das diligentes extradições.

Baettig não é uma figura marginal, ele é o equivalente de um congressista dos EUA, que representa o cantão de Jura no Conselho Nacional da Suíça. Seu partido, o
Partido do Povo Suíço, é o maior partido na Assembléia Federal, com 58 membros do Conselho Nacional e 6 do Conselho de Estado.

A carta de Baettig também solicita a apreensão de George W. Bush, e do presidente francês, Nicolas Sarkozy, mas não é provável que nenhum dos dois esteja presente na conferência. No entanto, Kissinger é um participante regular dos encontros do grupo Bilderberg e é quase certo que ele esteja presente em St. Moritz. Baettig pede ainda para “aplicar com coragem civil os Artigos da Lei como a traição, a qualquer cidadão da Suíça  que participe do encontro“.

Kissinger, conselheiro de Segurança Nacional e depois secretário de Estado dos Presidentes Nixon e Ford, foi acusado de ser cúmplice de uma série de crimes de guerra na Indochina, Bangladesh, Chile, Chipre e Timor Leste. Vários ativistas tentaram prendê-lo ao longo dos anos no âmbito das lei das Convenções de Genebra.

No documentário (assista o vídeo mais abaixo) “O Julgamento de Henry Kissinger“, o autor Christopher Hitchens documenta como Kissinger aprovou pessoalmente as campanhas de bombardeio que resultou em milhares de vítimas civis, bem como a aprovação do uso da mortal substância química agente laranja. O general americano Telford Taylor, ex-diretor acusação no julgamento de Nurembergue, declarou que Kissinger cometeu crimes de guerra por dar o conssentimento para bombardear aldeias vietnamitas durante a guerra.

Embora o encontro principal do Grupo Bilderberg aconteça em St. Moritz, outras reuniões associadas também ocorrerão em Zurique e Genebra. Ao contrário do pequeno grupo de jornalistas independentes que vão viajar para o local para fazer o trabalho que a castrada mídia corporativa se recusa a fazer, os elitistas da Bilderberg poderão utilizar seus jatos particulares e helicópteros para transportá-los entre os diferentes locais.

Nos últimos anos, os luminares Bilderbergs criticaram o aumento do número de manifestantes e jornalistas independentes que descem à cena de cada reunião anual, que é a principal razão pela qual os membros estarão saltitando entre locais diferentes dentro do pequeno país da Suíça para escapar do clarão de jornalistas e da atenção indesejada de manifestantes.

Os apologistas defendem que o grupo Bilderberg é apenas uma encontro de bate papo que não tem qualquer influência na definição de políticas, mas esta mentira vêm sido veementemente desmascarada nos últimos anos. O presidente dos Bilderbergs Étienne Davignon se gabou no ano passado ao dizer como a moeda única da europa, o euro, foi uma criação do Grupo de Bilderberg:
Em uma reunião em junho na Europa do Grupo de Bilderberg, um clube informal de líderes políticos, empresários e pensadores presididos pelo Sr. Davignon também poderiam ” melhorar o entendimento sobre a ações futuras, da mesma forma que eles ajudaram a criar o euro em 1990, disse ele“, relatou o EU Observer em Março de 2009.

As bases para a União Européia e, finalmente, a moeda única do euro, foram estabelecidas pela secreto Grupo Bilderberg, em meados da década de 1950. Os próprios documentos vazados do grupo provam que a agenda para criar um mercado comum europeu e uma moeda única foi formulada pelo grupo Bilderberg em 1955.

Como já foi relatado primeiramente em 2003, uma equipe investigativa da BBC (mp3 do programa em inglês) foi autorizada a ter acesso a documentos do grupo, e confirmou que a União Européia e o Euro foram idéia dos Bilderbergs.

Durante uma entrevista a uma estação de rádio belga no ano passado, o antigo Secretário-Geral e membro do Grupo Bilderberg Willy Claes admitiu que aqueles que assistem à conferência são obrigados a aplicar as decisões que são formulados durante a confabulação em suas respectivas esferas de influência.

Numa nota interessante, Kissinger aceitou alguns dias atrás um convite da FIFA para participar de uma comissão de “homens sabios” para resolver problemas de corrupção após o presidente da Confederação da Ásia e o Vice-Presidente da FIFA terem sido suspensos por suspeitas de suborno. Kissinger disse à BBC no domingo passado que “Se eu puder ajudar o esporte, eu estarei disposto a participar,  Mas eu tenho ainda que saber quem são os outros participantes e quais são os termos de referência antes de eu assumir um compromisso final. (Blatter) me convidou, mas ele não foi específico, exceto para dizer que quer criar um ‘grupo de sábios’ para lidar com algumas das questões que têm surgido“. Lembre-se que Kissinger havia sido também convidado para presidir a comissão do 11 de setembro e renunciou devido a suspeitas de conflito de interesses.

Fontes:
Infowars: Prominent Swiss Politician Calls For Arrest of Kissinger at Bilderberg
EU Observer: ‘Jury’s out’ on future of Europe, EU doyen says
Zonnewind.be: Bilderbergers decidir de fato a política para o próximo ano
BBC: Henry Kissinger interested in helping Fifa reform group
CNN: Kissinger resigns as head of 9/11 commission

Proeminente Político Suíço Solicita Prisão de Kissinger no Encontro do Grupo Bilderberg, 10.0 out of 10 based on 1 rating

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>