«

»

jun 27

Encontro do IPCC Avalia Soluções de Geo-Engenharia (Chemtrails)

GD Star Rating
loading...

Aquilo que já conhecemos como Chemtrails, cada vez mais aparentes nos céus de nosso Brasil, começa a ser apresentado uma das únicas soluções para combater o inexistente problema do aquecimento global. E quem organizou o evento foi logo o nosso conhecido IPCC, campeão em relatórios não científicos, e cuja reputação está lá embaixo após tantos escândalos. A matéria abaixo foi traduzida de um artigo publicado no site SciDev Net

[LIMA] Especialistas em Geoengineering (geoengenharia), que se reuniram esta semana para avaliar as propostas para manipular a terra para evitar um desastre climático, têm enfatizado que não estão planejando fazer recomendações sobre as ações que o mundo deve tomar, mas apenas avaliar se as propostas são baseadas em dados científicos sólidos.

Pulverização da atmosfera com aerossóis; mudar a cor das nuvens, e “fertilização” dos oceanos com ferro para aumentar a sua absorção de dióxido de carbono; foram algumas das opções tecnológicas avaliadas pelo grupo de peritos internacionais na primeira reunião mundial sobre geoengenharia esta semana (20-22 de Junho) no Peru.

Os resultados do encontro, fechado ao público e convocado pelo Painel Intergovernamental da ONU sobre Mudanças Climáticas (IPCC), contribuirá para o quinto relatório de avaliação do IPCC, previsto para ser publicado ano que vem.

Organizações ambientais e de direitos humanos de 40 países enviaram uma carta aberta ao presidente do IPCC Rajendra Pachauri, protestando contra o uso da geoengenharia para mudar o clima. A carta considerava a prática “alarmante” e advertiu que o IPCCdeve tomar muito cuidado para não desperdiçar a sua credibilidade em um tema que está ganhando força justamente quando não há progresso real na mitigação e adaptação“.

Silvia Ribeiro, Latin America diretor da organização não-governamental Grupo ETC, disse: “Por uma questão política, é perigoso, porque vai permitir que os países industrializados fujam dos seus compromissos para reduzir as emissões de carbono oferecendo a perspectiva de uma solução rápida para o aquecimento global“.

Mas, em uma conferência de imprensa no Ministério dos Negócios Estrangeiros do Peru, o grupo de peritos do IPCC disse que está apenas de forma abrangente avaliando as tecnologias.

O IPCC não dá recomendações“, disse Ramón Pichs-Madruga, co-presidente do grupo de trabalho, acrescentando que o grupo recebe todas as opiniões.

Christopher Field, diretor do Departamento de Ecologia Global da Instituição Carnegie para Ciência, Estados Unidos, disse que o grupo levou em conta todos os possíveis impactos das tecnologias de geoengenharia.

O grupo analisou uma série de técnicas, desde as mais simples como o plantio de árvores até as mais complicadas, como a gestão da radiação solar. Um exemplo deste último é a injeção de aerossóis na atmosfera.

Percebemos que não há uma única opção, nem há uma receita mágica, e todas as ações devem ser avaliados para que sejam tomadas as melhores decisões“, disse Ottmar Edenhofer, co-presidente de um grupo de trabalho do IPCC.

A reputação do IPCC tem sofrido ao longo dos últimos dois anos com a revelação de erros em seus relatórios, que tem alimentado as campanhas de céticos do clima, e também com a recomendação de uma investigação independente de que o IPCC deveria tomar mais cuidado de explicar que algumas afirmações científicas são mais especulativas do que outras.

———————————————————————————

Nos documentos do encontro diz que “a idéia de esfriar deliberadamente o planeta através do aumento da refletividade provavelmente foi colocada inicialmente por Budyko em 1974, que propôs que se o aquecimento global um dia se tornasse uma ameaça séria, a sociedade poderia contra-atacar levando aeronaves na estratosfera, queimando enxofre até este se tornar um aérosol, similar aqueles encontrados após erupções vulcânicas. Estas pequenas partículas reflitiriam um pouco da luz solar, aumentando o albedo (medida relativa da quantidade de luz refletida), e resfriando o planeta, mitigando (mas como é discutido abaixo, não totalmente) os efeitos do aumento da concentração de CO2″.

No documento é discutido sobre as aspectos globais de ações de geoengenharia, e da necessidade de se controlar elas globalmente. E claro, como vocês já podem adivinhar, precisaremos de um órgão global ligado a ONU para que se decida como os chemtrails serão despejados sobre as nossas cabeças.

Se você quiser saber um pouco mais sobre os efeitos danosos da engenharia e sua relação com os chemtrails, eu lhes convido a assistir o filme “Chemtrails: O Que Andam a Pulverizar Pelo Mundo.

Abaixo você pode ler o texto completo do documento sobre o encontro:
Joint IPCC expert meeting on geoengineering: keynote abstracts

Fontes:
Sci Dev Net: IPCC assesses geoengineering proposals
The Guardian: IPCC expert meeting on geo-engineering: keynote abstracts

Encontro do IPCC Avalia Soluções de Geo-Engenharia (Chemtrails), 10.0 out of 10 based on 3 ratings

Artigos relacionados:

2 comentários

  1. Everson

    Ola me chamo everso já tinha ouvido falar nisso mas conheço como rastro quimico,moro em manaus-Am e a algumas semanas atras peguei uma balsa p atravessar o rio c meu irmão e vimos lá no alto um avião passando exatamente sobre o rio q tem + ou – 4 km de extensão e soutou uma fumaça chegamos a achar q seria rastro d’agua mas rastro d’agua se desfaz rapido e aquele q vimos ficou horas no ar e tomou grandes proporções chegamos a perceber q tinha o tamanho da extensão do rio o céu q estava azul foi tomado por uma linha branca q se estendia de norte a sul d manaus,foi assustador principalmente para quem conhece essa NOM e suas intensões. Fica aqui meu comentario.

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  2. ethan allen furniture sale craigslist

    Hi there, You have done a great job. Ia?ll certainly digg it and personally recommend to my friends. I’m confident they will be benefited from this web site.

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>