«

»

dez 06

Julian Assange do Wikileaks: “Falsas Teorias de Conspiração Sobre o 11 de Setembro”

GD Star Rating
loading...
Julian Assange: "Falsas Teorias de Conspiração"m

Julian Assange: "Falsas Teorias de Conspiração"

Julian Assange, fundador do wikileaks, virou celebridade mundial da noite para o dia, desde que iniciou a publicação dos (supostamente vazados) documentos diplomáticos americanos no dia 28 de novembro. Agora ele está até mesmo cotado para ser a “personalidade do ano” pela revista Time. Tendo em mente quem levou o título nos últimos 2 anos, Ben Bernanke (presidente do FED) e Barack Obama, é realmente de se suspeitar o fato de Assange ter virado o queridinho da mídia corporativa. Eu particularmente tenho minhas suspeitas em relação ao Wikileaks. Primeiro porque milagrosamente conseguiu com que grandes veículos de mídia cooperassem e compartilhassem as informações, segundo por claras ligações com o mega-investidor George Soros e a própria CIA, que irei  detalhar em outro post, e por último é claro, pela declaração do Assange sobre as “falsas teorias da conspiração” sobre os atentados de 11 de setembro. Mais precisamente, Assange disse o seguinte ao jornal Belfast Telegraph:

“Eu acredito em fatos sobre conspirações”, diz Assange, escolhendo as palavras lentamente. “Sempre que as pessoas com poder planejam em segredo, eles estão realizando uma conspiração. Portanto, há conspirações em toda parte. Há também teorias de conspiração malucas. É importante não confundir as duas. Geralmente, quando há fatos suficientes sobre uma conspiração simplesmente a chamamos de notícia”. E sobre 11 de setembro? “Eu fico constantemente incomodado pelo fato das pessoas serem distraídas por conspirações falsas como o 11 de setembro, enquanto o tempo todo nós fornecemos evidências de conspirações reais, para a guerra ou fraude financeira em massa”. E sobre a conferência de Bilderberg? “Isso é vagamente conspiratório, em um sentido de rede. Nós publicamos as notas das reuniões.”

Por um lado eu entendo que ele queira se preservar e não ser associado diretamente ao movimento “911 truthers”, pois iria certamente criar um pretexto para a mídia desacreditar o wikileaks. Por outro lado, ele não precisava chegar ao extremo de chamar de “conspirações malucas”, ainda mais se levarmos em conta que o 11 de setembro foi o que fez que chegássemos ao Estado Policial em que nos encontramos hoje, além de servir como pretexto para várias guerras. Ele também faz pouco caso da reunião do Grupo Bilderberg, um grupo que reúne em segredo “apenas” as pessoas mais poderosas do mundo uma vez por ano.

Nós temos acompanhados nos últimos anos as intermináveis inconsistências da versão oficial dos atentados, que sem dúvida alguma justificam uma nova investigação dos eventos de 11 de setembro. Chamar as suspeitas justificadas sobre a versão original do 11 de setembro de “conspirações malucas” mostra apenas de que lado realmente Assange está. São várias as razões que levam  qualquer um que consiga raciocinar por si próprio concluir que a verdade sobre aqueles eventos não foi revelada. Seis dos dez membros da comissão de investigação do 11 de setembro reconheceram que a investigação tinha sido uma farsa e que a Casa Branca e o Pentágono impediram seu trabalho. Ou a queda do edifício WCT 7, que não havia sido atingido por nenhum avião e mesmo assim desabou em queda livre, a qual  foi reportada por diversos veículos da mídia vários minutos antes do fato. Ou o fato de Osama bin Laden ter, de acordo com ex-funcionários do FBI, trabalhado para os EUA até antes do 11 de setembro de 2001. Ou cientistas terem encontrados amostras de explosivos altamente avançados em amostras dos escombros das torres gêmeas e do prédio WCT 7.   Ou como que os sistemas de defesa aérea americano deixaram de seguir os procedimentos operacionais padrão para responder aos vôos de passageiros desviados. Ou porque um número sem precedentes de opções de venda, especulações de que uma ação vai cair, foram colocadas em ações de companhias aéreas, nos dias antes do 11 de setembro, sugerindo conhecimento prévio dos atentados.  Ou porque o governo dos EUA permitiu que toda família de Bin Laden voasse para fora do país sem sequer questioná-los, enquanto todo o tráfego aéreo havia sido interrompido.

Estes são apenas uma pequena parte da montanha de outras questões que indicam claramente a história oficial é impossível e que milhões de pessoas em todo o mundo reconhecem isto.  Mas mesmo assim Assange, nosso herói cibernético, se recusa a reconhecer o 11 de sembro como uma conspiração, ou pelo menos reconhecer que haja necessidade de uma nova investigação para esclarecer os muitos pontos duvidosos. Assange ignora também a enorme quantidade de ex-oficiais, cientistas, acadêmicos e autoridades que não acreditam na versão oficial dos fatos. Irei publicar muito em breve um artigo contendo citações de dezenas de personalidades questionando o 11 de setembro.

Com base nos documentos publicados até entao, na minha opinião, ficou claro que a real intenção do Cablegate é de validar a falsa Guerra ao Terror, implantar o medo e a discórdias entre os países,  e demonizar os suspeitos de sempre como Iran, Coreia do Norte e a China. Com o Brasil em particular, figurinha freqüente dos documentos publicados na primeira semana, vemos uma tentativa de tentar empurrar a paranóia americana anti-terrorismo, usando como pretexto a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016 (vocês não achavam que havíamos ganho esta honra por outro motivo, achavam?), e juntamente exportar o seu “expertise” em lidar com o terrorismo. Podem ter certeza que, depois dos scanners corporais enviados pelos EUA e já em uso no Brasil, muito em breve os EUA estarão exportando suas “técnicas” de revistas de genitálias nos aeroportos, os Centros de Fusão (onde centralizam inteligência contra grupos pacíficos,  teóricos de conspiração  e candidatos independentes), além dos infames Campos de Detenção da Fema.

Apesar de vários documentos que mostram atividades criminosas pelos EUA, como a espionagem de membros da ONU, os grandes veículos da mídia estão focando nos documentos sobre o Iran, a China e a Coreia do Norte, que dão suporte a ações militares contra aqueles países. Sobre o Brasil, vemos claramente que os documentos tentam sugerir a presença de terroristas ou suporte a terroristas no Brasil, além de reclamar da falta de legislação anti-terrorismo no país. Nós sabemos muito bem quem está por trás do terrorismo, supostamente islâmico, no mundo inteiro: a CIA, FBI e seus comparsas, utilizando pessoas facilmente manipuláveis para agir sob o pretexto do radicalismo islâmico. Me preocupa que estes documentos acabem por iniciar um movimento anti-islâmico no país e a criação de leis anti-terrorismo, as quais sabemos muito bem contra quem seriam utilizadas no fim das contas: nós mesmos.

Fontes:
Wanted by the CIA: Julian Assange – Wikileaks founder
TIMES: Who Will Be TIME’s 2010 Person of the Year?

Julian Assange do Wikileaks: "Falsas Teorias de Conspiração Sobre o 11 de Setembro", 8.9 out of 10 based on 9 ratings

Artigos relacionados:

16 comentários

9 menções

Pular para o formulário de comentário

  1. Yusuke

    É Claro que ele iria “desmentir” sobre o ocorrido 11/09. Por mais que ele desvenda essas conspirações consideradas leves, suas consequências em revelar algo bombástico poderiam não ser boas para ninguém, por mais que ele queira fazer o contrário.

    Não sei se ele é algo fabricado, só o tempo dirá, assim como os 11/09, um dia vem a tona.

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  2. Rodrigo Ferreira

    Acho que Julian tem razão em certo ponto pois tem muita divagação na questão de teorias conspiratorias. E falar sobre o caso 11/9 sempre será polemico.

    Ainda acredito que algo sobre esse fato virá a tona pelo wikileaks.
    Se existe um meio de descobrirmos a verdade é atraves dele.

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

    1. anom_admin

      Eu também acredito que algo relacionado com o 9/11 será “revelado”. Mas acredito que seja para desacreditar o movimento “911 truthers”

      Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  3. BF

    Madrid, 7 de diciembre 2010 (OroyFinanzas) – En una entrevista realizada por King World News, al economista y analista de mercado Jim Rickards, director de Omnis Inc., señala que tiene conocimiento de un inversor de oro que hace poco tuvo que librar durante un mes una batalla contra un banco suizo para tramitar el reembolso de su oro, no se trataba de contratos de futuros, sino de oro físico que el cliente había depositado en el banco.

    Únicamente la amenaza por parte del propietario del oro de iniciar una acción legal y de dar a conocer la noticia a los medios de comunicación le hizo recuperar el metal.

    Rickards, asegura que el banco no tenía en su poder el oro para realizar el reembolso al cliente, y que esta escasez es endémica en el sistema bancario occidental.

    Jim Rickards aconseja a los inversores en oro retirar su oro del sistema bancario y depositarlo en almacenamientos privados, no en bancos, ya que no descarta que en algún momento los gobiernos puedan intentar confiscar el oro en el sistema bancario.

    Jim Rickards señala que Estados Unidos podría volver de manera deliberada a algún tipo de patrón oro o podría incluso verse obligado a volver al oro y que su precio alcanzara con mucha probabilidad muchos miles de dólares.

    Jim Rickards además indica que el presidente de la Reserva Federal, Ben Bernanke, representa una amenaza mayor que Bin Laden para la seguridad nacional, en la medida en que Bin Laden está siendo perseguido, mientras que Bernanke se encuentra en la cumbre del poder.

    La entrevista con Jim Rickards tiene una duración de 21 minutos y se puede escuchar en King World News

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  4. Felipe

    Bradley, o HERÓI do WikiLeaks

    Os e-mails do soldado Bradley Manning ao hacker Adrian Álamo – que o denunciou – revelam o drama de consciência do jovem diante dos horrores da guerra e da irresponsabilidade dos dirigentes do mundo. “Já não creio que haja pessoas boas e pessoas más. Há uma série de países que atuam sempre em favor de seus próprios interesses” diz a seu delator.

    O pai de Manning, soldado americano, conheceu a mãe, do País de Gales, quando ali esteve servindo. Quando fez 13 anos, os pais se separaram e Manning voltou à Inglaterra.

    Aos 16, deixou a escola e regressou aos Estados Unidos, onde trabalhou no balcão de uma pizzaria. Aos 18, alistou-se no Exército e, em seguida, foi designado analista da inteligência militar. É a biografia de uma pessoa comum.

    O Pentágono busca desmoralizá-lo. Informa que ele sempre foi problemático, com sérios desvios de comportamento. Se assim fosse, como o teriam designado, ainda tão jovem, para analisar informações secretas? Relatórios mais recentes dizem que foi punido, rebaixado da classificação de “especialista” para a de simples soldado, depois de incidente com um colega de farda. Insinuam também que essa conduta deriva de sua condição de homossexual.

    Homossexual, ou não, o diálogo com o ex-hacker Álamo, que se celebrizou em 2002, ao entrar no sistema digital do New York Times, revela um jovem de grande sensibilidade humana, com preocupação humanística universal, mas nem por isso menos patriótica.

    Depois de explicar que se trata de informação “muito vulnerável”, a que obteve ao baixar os documentos, o soldado confessa: “Bem, eu mandei para o WikiLeaks. Deus sabe o que vai ocorrer a partir de agora. Espero que haja uma grande discussão mundial, com debates e reformas. Se não for assim – estamos condenados como espécie”.

    Na íntegra no site do Jornal do Brasil: http://jb.digitalpages.com.br/home.aspx?edicao=20101203&pg=22

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  5. nº Zero

    Continuo com a opinião de que a Wikileaks é uma entidade com uma grande interrogação.
    Presumo que há verdades, meias verdades, omissões e distorções de fatos.
    Mas em determinados momentos se parece com uma central de fofocas controlada.

    Notem que só surgem informações que causam discórdia e maledicências entre “países-chave”
    Provocando intrigas e desconfianças… uma atmosfera de instabilidade.

    Faltam coisas elementares aí…
    Há documentos reveladores da administração Bush? Da prisão de Guantânamo? As verdades da British Petroleum?
    O que w-leaks fala de Obama? Pois diversos líderes da atualidade são citados, exceto ele.
    A versão do ato de 11/9 não é convincente lá!

    Wikileaks está sendo um instrumento para levantar suspeitas sobre toda a comunidade mundial.
    Instabilidade no mundo já temos infelizmente o suficiente e cada vez mais w-leaks parece ter a função de ACELERAR isso.

    A campanha de desligamento na internet dá um grande passo nessa situação.
    Esse contexto de mal estar entre países e agora retaliação hacker, são ingredientes do bolo.
    Aliás terrorismo hacker de procedência “russa”. (Posso como hacker situado no Brasil manipular máquinas/servidor da Rússia para mascarar a bandeira do ataque).
    Engraçado alguma entidade se apressar em revelar/insinuar a procendência do ataque sem essa certeza.

    Enfim nessa atmosfera de instabilidade e guerrilha cibernética sendo tudo isso ampliado é o “bode sujo na sala” que pode resultar num desligamento/rigidez da web sim senhor.

    E quanto a Julian Assange ser incriminado?
    Na minha visão ele está trabalhando na melhor das intenções e será expiado.
    A expiação dele vai gerar mais revolta, retalição e mais confusão no nosso discernimento.

    Os EUA, relações públicas/mídia em muitas situações (para não falar todas) censura/distorce fatos de acordo com o seu interesse.
    Pelo que eu sei há uma legislação lá que censura qualquer orgão informativo em prol da segurança nacional, caso ela esteja ameaçada.
    Então continuo cético quanto ao nascimento do wikileaks… se ele fosse um “mal” mesmo morreria na raiz como toda a “notícia ruim morre para o bem da nação”.

    Acho que infelizmente algum poder quer desfazer a diplomacia alheia sim e porque será?

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  6. MZ

    Nossa, que montagem feia essa imagem, hein!

    Dá pra ver claramente que a frase “9-11 not an inside job”, foi inserida no jornal por algum software de manipulação de imagem (só ver que a frase não acompanha a orientação do jornal, e que não ocupa o espaço correto para uma manchete, invadindo outras áreas do jornal).

    Cuidado aí, minha gente, tem muita desinformação em torno de wikileaks-11/09.

    http://www.youtube.com/watch?v=JdkXnOGhBp8

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

    1. Freedom Fighter

      Ia comentar exatamente isso. A montagem está muito tosca e a foto do jornal não tem nada a ver com a manchete.

      Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

      1. anom_admin

        É claro que é montagem, quando escolhi a imagem percebi que não acompanhava a notícia, mas achei até melhor para não parecer que estou tentando atribuir algo ao Assange.

        Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

    2. anom_admin

      Em relação às mensagens de pagers que foram reveladas pelo wikileaks, não creio que sejam uma prova de que o 11 de setembro foi forjado, mas levantam vários questionamentos.

      Veja o artigo sobre o assunto aqui:

      http://blog.antinovaordemmundial.com/2009/11/incrivel-mensagens-de-pagers-interceptadas-durante-11-de-setembro-de-2001-sao-divulgadas-na-internet/

      Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  7. Carlos Robson

    Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que cooperam com o Senhor.

    Lutar contra a Nova Ordem Mundial é lutar contra o próprio Deus! Pois é cumprimento de suas profecias!

    É tarefa dura e de final triste, daqueles que recalcitram contra os aguilhões.

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

    1. anom_admin

      Não diga um disparate deste Carlos, a implantação da nova ordem mundial permitirá um controle total da vida de cada um dos seres humanos, para pior, vivendo um estado policial que irá deixar o filme 1984 no chinelo.

      Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

    2. maycon da silva passos

      ( Meu irmão )

      * Deus vai usar homens para dizer claramente sobre o ante cristo.
      * Nos seremos o ultimo recuso para os desavisados .

      Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  8. Alexandre Lebrão

    Parabéns pelo blog, precisamos cada vez mais mostrar ao restante das pessoas o que se passa nos bastidores da nossa vida “real”.
    Quanto ao Assange, creio que devemos faze ao modo mestre Yoda – Meditar sobre isso nós devemos.

    disponivelatodos.blogspot.com

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  9. Gabriel

    Bom, em primeiro lugar eu acho que não se deve tirar conclusões precipitadas. Assange garantiu, quando foi preso, que há muito mais documentos escondidos, que só 1 ou 2% de tudo foi revelado por enquanto.

    E por outro lado, há também uma frase muito boa que sempre é relacionada à guerras e inclusive encontra-se no livro “A Arte Da Guerra”, de Sun Tzu (e mais uns discípulos) (sim, eu sei, é bem suspeito um livro milenar virar modinha num “boom” de mídia somente nos dias atuais; mas, apesar dessa e de outras controvérsias, não deixa de ter razão em vários aspectos). A frase é: Demonstre fraqueza para esconder sua força.

    Isso na antiguidade, onde se denotava muito mais a força bruta do q a dialética… Nos dias atuais podemos “traduzí-la” como “Demonstre ignorância para esconder sua astúcia”.

    A “teoria” do atentado planejado ao WTC não precisa de Julian Assange para manter-se convicta. Os fatos e os testemunhos já são prova suficiente. E, na MINHA OPINIÃO, o JA não vai tocar nesse assunto com algo bombástico, talvez, no máximo, só venha a “jogar um tempero por cima do prato”.

    Porque, diante dos fatos, se JA não for contra a “teoria” do atentado ao WTC, não faz sentido ele consentir com isso.

    Para os “prós” convictos, seria só mais um balde d’água jogado no oceano (uma iniciativa inútil); e para os “contras” seria mais uma “atitude condenável” do Julian. E para que “jogar num gigante mais uma pedra igual as de milhares de pessoas”?? JA com certeza prefere “jogar” “algo diferente”, afinal as outras milhares de pessoas não precisam da ajuda dele para isso, e ele se desvencilha de uma acusação desnecessária e volta o foco para outra menos vista ou talvez mais importante (díficil algo mais importante do q isso)

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  10. Thiago

    A casa caiu illuminates e bildembergs do caraleooo…
    Não adianta que a gente não é trouxa.

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  1. Tweets that mention Julian Assange do Wikileaks: “Falsas Teorias de Conspiração Sobre o 11 de Setembro” | Blog Anti Nova Ordem Mundial -- Topsy.com

    […] This post was mentioned on Twitter by Lucas Aureli and marco centurion med, anovaordemmundial. anovaordemmundial said: Julian Assange do Wikileaks: “Falsas Teorias de Conspiração Sobre o 11 de Setembro” http://t.co/Y3Jq32n […]

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  2. O que é isso wikileaks? « País da Elite News: Diário do Caos (bloglink)

    […] Fonte: http://blog.antinovaordemmundial.com/2010/12/julian-assange-do-wikileaks-falsas-teorias-de-conspirac… Julian Assange: “Falsas Teorias de Conspiração” […]

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  3. Julian Assange do Wikileaks: “Falsas Teorias de Conspiração Sobre o 11 de Setembro” | A verdade Aqui

    […] ARTIGO ORIGINAL – blog.antinovaordemmundial.com […]

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  4. Black-Jack, a Morte de Obama e o Próximo Ataque Nuclear de Falsa Bandeira | Blog Anti Nova Ordem Mundial

    […] os países que não se alinham com os EUA, como o Iran e a Síria. Já havia publicado neste blog (aqui e aqui)  nossas suspeitas sobre o wikileaks, e como este estaria encobrindo a agenda da elite de […]

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  5. Operação Black-Jack, a Morte de Osama e o Próximo Ataque Nuclear de Falsa Bandeira :Prova Final

    […] os países que não se alinham com os EUA, como o Iran e a Síria. Já havia publicado neste blog (aqui e aqui)  nossas suspeitas sobre o wikileaks, e como este estaria encobrindo a agenda da elite de […]

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  6. OPERAÇÃO BLACK-JACK, A MORTE DE OSAMA E O PRÓXIMO ATAQUE NUCLEAR DE FALSA BANDEIRA « Verdadeira Realidade

    […] os países que não se alinham com os EUA, como o Iran e a Síria. Já havia publicado neste blog (aqui e aqui)  nossas suspeitas sobre o wikileaks, e como este estaria encobrindo a agenda da elite de […]

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  7. Operação Black-Jack… « A Resistência

    […] os países que não se alinham com os EUA, como o Iran e a Síria. Já havia publicado neste blog (aqui e aqui)  nossas suspeitas sobre o wikileaks, e como este estaria encobrindo a agenda da elite de […]

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>