«

»

out 19

Campanha contra a fome da ONU: seria mais um pretexto para um governo global?

GD Star Rating
loading...

Logo da campanha

Recebi por email um apelo para assinar um abaixo assinado que encoraja as pessoas ficarem com raiva pelo fato de que 1 bilhão de pessoas passam fome e para pedir ações das autoridades. O slogan da campanha é “1.000.000.000 people live in chronic hunger, and I’m mad as hell” que na página em português está traduzido como “1.000.000.000 de pessoas vive com fome crônica, e eu estou louco de raiva!!“. A primeira vista um movimento digno de elogios, correto? Correto, até a hora em que você vê quem está por trás da ação: a FAO, ou Organização de Alimentos e Agricultura das Nações Unidas.

Vamos lembrar inicialmente que em primeiro lugar a FAO é a responsável, juntamente com a OMS (Organização Mundial da Saúde), pelo infame Codex Alimentarius. O Codex Alimentarius, por trás de uma fachada de criação de orientações para produção de alimentos, esconde uma regime totalitário de controle de alimentos que visa suprimir o uso de suplementos alimentares como vitaminas, ervas e minerais, além de tornar padrão o uso de pesticidas até então banidos e o uso de trangênicos. Saiba mais sobre o Codex Alimentarius aqui.

Como tudo que vem da ONU, podemos esperar uma fachada benigna escondendo o real objetivo: controle populacional e governo global. Como o presidente americano Obama e o próprio CFR já disseram anteriormente, “é necessário uma solução global para um problema global”. O padrão se repete, criam ou deixam acontecer um problema, para então trazer uma solução que envolva, de uma forma ou outra, um órgão regulador trans-nacional. Vimos isto acontecer com o aquecimento global (ops, quer dizer, mudança do clima), com a bio-diversidade (ainda estão no início), e agora utilizando a fome.

Vendo o suporte da FAO (através do codex) às grandes empresas de alimentos e produtores de sementes trangênicas e agrotóxicos como a Monsanto, não seria esta uma ótima oportunidade para “distribuir” sementes geneticamente modificadas para desestabilizar de vez a agricultura destes países sub-desenvolvidos e mantê-los dependentes para sempre?

Na página da campanha podemos encontrar as possíveis ações para combater a fome :

– dar oportunidades e educação para pequenos agricultores para eles produzirem alimento o suficiente (educação para utilizar agrotóxicos e trangênicos?)
– aumento das comunidades rurais para expandir oportunidades de trabalho
– diminuir a velocidade da migração rural->urbana
– mais ênfase em melhorar o acesso de pequenos fazendeiros ao mercado doméstico e internacional

Em sua página que descreve as razões de ainda existir fome no mundo, me surpreendeu a afirmação “Falta de comida não é o problema“. Realmente esperava a velha ladainha de que não há comida o suficiente, e que a salvação seria os trangênicos, mas não. Ou que a fome existia por causa da super-população, que sabemos agora ser um mito.

Outro ponto, estando a maioria das pessoas que passam fome nos países em desenvolvimento, não seria esta ação uma forma de estabelecer controle sobre estes países, sob o pretexto de levar ajuda para os famintos?

E em uma amostra das reais intenções globalistas, no vídeo de divulgação da campanha, inserido logo abaixo, aproveitam para dar apoiar a mentira do aquecimento global antropogênico, dizendo: “parece que estamos presos num mundo em que não se pode mudar nada, a não ser o clima, toda vez que checamos os noticiários ou fomos atingidos por um sismo ou por uma tempestade, ou ….“. Nada para se surpreender, já que a FAO é parte da ONU, que também gerencia o IPCC, um órgão de cientistas inescrupulosos e burocratas que raptaram o movimento ambientalista para levar à frente sua agenda de globalização e controle.

Eu honestamente gostaria muito de que se acabasse com a fome em todo o mundo, mas infelizmente acredito que esta campanha tenha objetivos menos legítimos que ajudar os famintos do mundo. A fome no mundo é planejada e tem muitos outros motivos do que estes que esta campanha anuncia.

Se houvesse alguma legitimidade nas intenções da ONU em acabar com a fome, vocês acreditam que iriam recomendar gastar centenas de bilhões de dólares em vacinas inúteis contra o H1N1 quando menos pessoas morriam do que com a gripe comum e milhares de pessoas morrem de fome todos os dias?

Eu recomendo alguns filmes que ajudam a entender melhor o problema da fome no mundo:

Nós alimentamos o mundo (filme)
O futuro dos alimentos
Filme: O Mundo Segundo a Monsanto
Codex Alimentarius – Nutricídio planejado
Documentário: A Corporação, A Busca Patológica por Lucro e Poder

Fontes:
FAO: Página principal da campanha
Página em português da campanha

Campanha contra a fome da ONU: seria mais um pretexto para um governo global?, 1.0 out of 10 based on 1 rating

Artigos relacionados:

5 comentários

2 menções

Pular para o formulário de comentário

  1. marlus

    ué oq o numero 9 esta fazendo bem ali no fim do video q estranho ñ?

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

    1. anom_admin

      Aquilo e um apito, que e o logo da campanha :)

      Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  2. Lucy Sem Fronteiras

    Olá caro Emerson,

    Há um tempo que lhe acompanho, recebendo seus artigos por email. Adoro seu blog e aprecio seu trabalho, apesar de nunca ter comentado aqui. Porém hoje, me vi motivada a comentar sobre esta campanha pelo fim da ‘Fome no Mundo’.

    Sou uma pessoa crítica, não duvido das informações contidas aqui, como tb não aceito tudo passivamente. E igualmente sou uma divulgadora dessa campanha em meu humilde blog.

    Veja, tenho para mim (tal como Einstein tb tinha), a consciência de que a ONU somente funcionaria se realmente e de fato, seus representantes fossem eleitos ‘por’ e ‘para’ representar os interesses de toda a Humanidade. E bem sabemos que esta hoje, não é nossa realidade muito infelizmente.
    Até aí concordo com o que você diz em outras palavras.

    No entanto, tb tenho para mim, que não podemos achar que tudo é uma ‘teoria da conspiração’.

    A mim sinceramente, o que importa é causa ‘FOME NO MUNDO’, e ela muito infelizmente tb é real!
    Diariamente morrem milhares de pessoas, tão ‘gente’ quanto cada um de nós que aqui estamos, e não podemos mais achar isso ‘normal’ ou comum.

    O ser humano acostumou-se de tal forma com este cenário de fome , acomodou-se de tal forma, que parece que nada mais o emociona, o comove e o motiva para sair do lugar comum, da omissão e buscar fazer algo por seu próximo tb.
    Vivemos um caos planetário hoje, com uma crise herdada pelos governos, banqueiros, grandes ‘poderosos’, gananciosos, egoístas, … mas cada um de nós tem uma responsabilidade em tudo isso tb.

    Sei que não é uma simples petição que vai alimentar ‘o mundo’. Porém acredito que por outro lado, é uma forma de chamar a atenção do maior número de pessoas, criando sim uma grande mobilização, cobrando e exigindo que esta seja uma prioridade mundial tb.

    Veja Emerson, sei que ‘nem sei’ quanta podridão existe por trás de governos, grandes instituições, órgãos, etc, pois por mais que pensemos fazer idéia, com certeza a podridão é tamanha, que infelizmente sempre pode nos surpreender ainda mais.

    Porém, se pensarmos assim, não sairemos deste círculo ‘vicioso’ nunca! Não dá mais para ficar somente esperando o governo para fazermos alguma coisa. Seja em âmbito nacional como internacional.
    E quanto a isto, temos na net um poder incrivel de alcance que rompe fronteiras! (que de certo, ‘estão’ de olho, e hoje querem encontrar uma forma de nos controlar a liberdade de expressão, e isso inclusive no Brasil, país ‘tido’ como Democrático).

    Sempre fui adepta do ‘ensinar a pescar’, pois não basta somente ‘dar o peixe’.
    Mas nesta caso, estas mais de 1 bilhão de crianças, mulheres, adultos e idosos famintos, não têm nem condição e nem tempo hábil de ‘aprender a pescar’.
    Milhares gostariam de adormecer e nunca mais acordar, para não ter que sentir a dor da fome corroendo o corpo!

    E isso, nem você, nem eu, sabemos o que é. Fazemos uma idéia, mas não sabemos o que é realmente.
    Porém, o fato de eu não sentir em minha pele, não minimiza o quanto me comovo verdadeiramente com isso, o quanto me toca e me incomoda, ver isso diariamente estampando notícias na net (sim, pois eu já aposentei a ‘TV’ aberta há bom tempo), o quanto me sinto impotente por não conseguir fazer mais do que gostaria para dar a minha contribuição para que este cenário mudasse.

    Portanto, se ficarmos acreditando que tudo não passa de mais uma ‘conspiração’, gastaremos muito de nosso tempo, e não contribuiremos em nada com essa nossa sociedade falida em valores e carente em princípios, com estes nossos ‘irmãos planetários’, que tem tanto o direito ao alimento, quanto cada um de nós.

    E que fique claro que apesar de ser espiritualista, não escrevo em meu blog e nem estou ligada a movimento algum, e não defendo nada que não seja o respeito às diferenças, sejam elas quais for.

    Eu só atento, para que não deixemos muitas vezes de nos mobilizar, agirmos e nos doarmos a algo, simplesmente por ‘desconfiar’ agora que toda e qualquer campanha tenha um fundo ou interesse escuso.

    Pode até ser, que isso ocorra sim, não duvido.
    No entanto, não podemos esquecer, que milhares de pessoas com real interesse em contribuir, estão se mobilizando e dedicando seu tempo com boa vontade, pois acreditam que este trabalho pode ser útil àqueles que diferentemente de nós, não sabe o que é fazer ‘3 refeições diárias’ , por exemplo.

    Por isso, não pela ONU, nem pela FAO, ou qualquer outra instituição que até possa vir a ter outro interesse por traz desta campanha, mas por todos aqueles que apenas estão envolvidos de verdade e imbuídos em contribuir, em fazer ‘gritar’ e dar voz àqueles que não têm a mesma oportunidade que temos de estarmos na net, .. é que eu tb defendo, apoio e divulgo esta campanha entre meus amigos, leitores e contatos.
    Á distância, é o que posso fazer. Presencialmente, procuro fazer e ser o melhor com os quais convivo, seja em casa, ou em minha comunidade (cidade).

    Obrigada pela oportunidade em comentar. E parabéns pelo blog;)

    Um abraço fraterno,

    Lucy

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

    1. anom_admin

      Ou Lucy, primeiramente gostaria de agradecer por sua participação, que é essencial. Que esta seja o primeiro de muitos comentários neste blog.

      Entendo o seu ponto de vista, e reconheço que chguei a pensar da mesma forma. Como você, eu fico revoltado em saber que um bilhão de pessoas está passando fome agora, neste exato momento, e que milhões morrem todo ano de fome. No entanto, não tenho dúvida alguma de que isto será apenas um pretexto para estabelecer ainda mais controle por esta entidade gigante que é a ONU, não é questão de ser desconfiado, é o modus-operandi da ONU, porque desta vez seria diferente?

      abraço e muito obrigado pelo seu comentário
      Emerson

      Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  3. Lucy Sem Fronteiras

    Olá Emerson!

    Muito obrigada pela sua acolhida, diante deste meu primeiro comentário em seu blog (um ‘testamento’ que deixei :) ), o qual admiro mesmo.
    E claro que entendo teu ponto de vista, aliás, compartilho em boa parte dele tb.

    A única coisa, é que pelos motivos que lhe expliquei acima, continuarei divulgando a campanha, que por sinal já se encerra agora em novembro.
    Mas terei o maior prazer em sempre que puder, vir aqui compartilhar de meus pensamentos, pois é muito bom comentar em um espaço onde somos respeitados, ainda que nem sempre tenhamos as mesmas opiniões 😉

    Um grande abraço a ti tb,

    Lucy

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  1. ANVISA quer Chá da china e ONU, moscas e baratas em nossos pratos |

    […] italiana. Graziano tem tantas nacionalidades quanto caras. Ele, não por acaso, comandou o engodo Fome Zero, de Lula. Graziano também comanda um dos Comitês do Codex Alimentarius (São mais de 20 […]

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  2. ANVISA quer Chá da china e ONU, moscas e baratas em nossos pratos

    […] italiana. Graziano tem tantas nacionalidades quanto caras. Ele, não por acaso, comandou o engodo Fome Zero, de Lula.   Graziano também comanda um dos Comitês do Codex Alimentarius (São mais […]

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>