«

»

mai 27

Reações adversas à vacina H1N1: Saiba porque a desculpa da alergia a ovo é falsa

GD Star Rating
loading...

Temos ouvido toda vez que ocorre uma reação adversa a mesma ladainha: “esta pessoa provavelmente tinha alergia a ovo”.

Esta história de alergia a ovo é para tentar desviar todas as reações adversas como se fossem alergias a ovo. Estão colocando toda e qualquer reação no mesmo balaio, como se fosse por alergia a ovo.

Veja então o que nos diz no site da “Universidade Americana de Alergia, Asma e Imunologia”:

Flu Shots And Egg Allergy
People with egg allergy could have a reaction when given the flu vaccine because the vaccine may contain some amount of egg protein. Fortunately, even in individuals with confirmed egg allergy, flu vaccines may be administered under certain conditions by experienced physicians. Most reactions to flu vaccines are not due to egg-allergy.

Tradução:
Vacinas contra a gripe e alergia ao ovo
Pessoas com alergia a ovo podem ter uma reação quando receberem a vacina contra a gripe porque a vacina pode conter uma certa quantidade de proteína do ovo. Felizmente, mesmo em indivíduos com alergia a ovo confirmada, vacinas contra a gripe pode ser administrada sob determinadas condições, por médicos experientes.
A maioria das reações às vacinas contra a gripe não são devidos a alergia ao ovo.

Não passa de um subterfúgio para tentar justificar as centenas de mortes que tem ocorrido neste país devido à vacina. Alguém pode me perguntar: porque o governo teria interesse em esconder as reações adversas? Eu respondo: como eu postei algumas semanas atrás, que após a repercussão como o ministério da saúde não negou que nos contratos com as empresas farmacêuticas havia uma cláusula isentando-as de qualquer ações ocasionadas por efeitos da vacina, como morte e invalidez. Na resposta do MS apenas diz: “Não temos essa informação“. Como diz o ditado que quem não nega consente, podemos assumir que esta cláusula existe sim, e como qualquer ação na justiça iria recair sobre o governo, estão fazendo de tudo para negar que existe qualquer ligação causal da vacina e das dezenas mortes que já ocorreram.

Fontes:
American College of Allergy, Asthma and Immunology: Flu Shots and Egg Allergy
Onde estão os contratos entre as fornecedoras da vacina H1N1 e o governo brasileiro?

Artigos relacionados:

18 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Anonymous

    http://www.youtube.com/watch?v=eIk6QpYxJrw&feature=player_embedded#!

    olha o que o freddie fala em 0:17 sec eu escutei mal ou ele fala illuminati e depois zoa ..???

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  2. Anonymous

    Acabei de ver esse vídeo:

    http://www.youtube.com/watch?v=_2m_dBDXB1c&feature=player_embedded

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  3. Anonymous

    Bobagem…

    Pessoas sensacionalistas vêem em tudo uma oportunidade para causar pânico nas pessoas.
    Em 1999, afirmaram que o mundo iria acabar. Diversas pessoas ficaram apavoradas, outras cometeram suicídio.
    Atualmente, vejo as pessas falarem que o governo brasileiro tenta aplicar essa vacina para matar parte da população. Eu vos pergunto:
    -O Que o governo ganharia com isso?
    A verdade é que o governo só teria a perder colocando em risco a vida da populaçao.
    Primeiro porque considerando a qualidade do serviço de saúde publica brasileiro, diversas pessoas iriam morrer. Com a morte em massa no Brasil, este se tornaria um país extremamente mau visto no exterior. Com isso, turístas deixariam de vir ao Brasil causando portando uma gigante perda na economia do país.
    Esse é apenas um pequeno detalhe dentre diversos problemas que seriam causados com a morte em massa no país.

    Você acha que nossos políticos não sabem disso?
    Engano seu. Se eu, um estudante de jornalismo de 18 anos consegui pensar nisso, Acredite: Eles foram bem mais a fundo.

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  4. Anonymous

    Oi Estudante de jornalismo! Você vai estudar na faculdade a Teoria da Comunicação e Informação. E esta diz uma coisa que eu concordo plenamente: Os mais manipulados são os que mais negam que são manipulados.
    É difícil para a maioria das pessoas admitirem que elas vem sendo historicamente enganadas por Goebbels.

    A Pandemia não foi criada em laboratório pelo governo brasileiro, e sim pela máfia internacional da indústria farmacêutica. Mais um exemplo da Dialética Hegeliana: Problema (pandemia); Reação (medo); Solução (vacina).
    Se você nega que é manipulado, então use a solução proposta pelos criadores do problema. Tome a vacina com adjuvante esqualeno MF59 da Novartis.

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  5. Anonymous

    Ao anônimo jornalista de 18 anos acima, e para quem também se acha muito, muito inteligente, leia isto:

    "Ninguém é mais escravo do que aquele que se considera livre sem o ser."
    – Niemand ist mehr Sklave als der sich für frei hält ohne es zu sein.
    – Werke: Die Wahlverwandtschaften, Volume 14‎ – Página 259, Johann Wolfgang von Goethe – Cotta, 1817 – 414 páginas

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  6. Anonymous

    “ A ciência médica fez tanto progresso nas últimas décadas, que hoje, praticamente, não existe mais nenhuma pessoa sadia!" Aldous Huxley

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  7. Emerson

    "A verdade é que o governo só teria a perder colocando em risco a vida da populaçao."

    O objetivo não é colocar em risco a população, este é apenas um efeito secundário. O Brasil apenas esta se dobrando as instituições globalistas como a ONU e a OMS.
    O Brasil assinou uma cláusula que isenta os lab. farmaceuticos de quaisquer problemas advindos da vacina. Tentarão esconder até o ultimo momento, negando, e usando de todas as desculpas possíveis para desviar a culpa da vacina.

    Leia mais aqui:
    http://www.anovaordemmundial.com/2010/04/como-e-o-contrato-das-fornecedoras-da.html

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  8. Anonymous

    Não sou estudante de jornalismo ou jornalista (já que, aparentemente, o critério de bacharelado caiu por terra), mas advogado e professor de Direito.
    Não tenho formação em área de saúde ou biológica, de modo que não saberia precisar, por experiência, se as informações trazidas procedem, ou não.
    Não faço parte de qualquer órgão governamental ou anti-governamental, com o que, penso, ter minha opinião isenta acerca dos fatos.
    Reflito, contudo, se devemos, ou não, confiar, na informação jornalística, a qual, sabemos, que, nos dias atuais, não é totalmente digna de credibilidade (não acredito na Globo, piamente, e, tampouco, no resistir.info).
    Só sei que, como ser humano, que passa pelo risco de se vacinar, ou não, estou mais confiante em desconfiar de tudo e, portanto, se risco algum houver, não farei meu corpo de cobaia.
    Não recomendo aos meus que tomem e, a quem já tomou, não dissemino o pânico, pois já vivemos com medo de tudo e sabemos das sequelas do estresse.
    Que Deus acompanhe a todos em suas decisões!

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  9. Anonymous

    Vacinação de crianças de dois a
    quatro anos fica abaixo de 5%

    Prazo para que esse público tome a dose vai até a próxima quarta-feira (2)

    A três dias úteis do fim da distribuição de doses da vacina contra a gripe A (H1N1), popular suína, de crianças de dois a quatro anos, na próxima quarta-feira (2), os índices de adesão desses grupos ainda estão baixos. Dados enviados pelas secretarias estaduais e municipais ao Ministério da Saúde indicam que 310 mil crianças nessa faixa etária foram vacinadas desde a última segunda-feira (24), quando começou essa fase da campanha, o que representa 3% do público-alvo.

    Veja perguntas e respostas sobre a vacinação

    O número pode ser um pouco maior, já que nesse número estão incluídas as doses aplicadas em indígenas e pessoas portadoras de doenças crônicas que tinham entre dois e nove anos de idade e se vacinaram em etapas anteriores. Mesmo assim, o Ministério da Saúde reconhece que o índice de vacinação para essa faixa etária está baixo.

    Pessoas de outras faixas etárias que ainda não se vacinaram também poderão tomar a vacina durante esse período. Não haverá uma campanha nacional para que os postos de saúde abram neste fim de semana para a vacinação, então restarão apenas os três dias úteis da semana que vem para que as pessoas se imunizem contra a doença – a distribuição do produto já foi prorrogada algumas vezes e a expectativa é que isso não ocorra novamente.

    Inicialmente, as crianças dessa idade não faziam parte da população com direito a receber a vacina grátis em razão de não estarem entre os que apresentavam casos mais graves ou mortes por causa da gripe. No entanto, vacinar os pequenos dessa idade já era uma recomendação da OMS (Organização Mundial da Saúde).

    O Ministério da Saúde diz que resolveu mudar a estratégia por ter um estoque estratégico de 10,8 milhões de doses, que foram “reservadas para eventualidades durante a campanha”. Um detalhe importante é que, assim como aconteceu com as crianças de seis meses a dois anos, a dose será dividida em duas. Por isso, 21 dias depois da primeira aplicação, as crianças precisam ser levadas de novo aos postos para tomar a segunda parte da vacina.

    Adultos de até 39 anos também registram baixa adesão

    Mesmo depois de ser prorrogada mais uma vez, a vacinação de adultos de 30 a 39 anos continua baixa, atingindo um pouco mais de 15,2 milhões de pessoas, número que representa cerca de 50% do público-alvo. O governo espera vacinar pelo menos 80% desta população até 2 de junho.

    A baixa adesão ainda também é uma realidade entre as grávidas. Mesmo com vacinas gratuitas à disposição desde 5 de abril, apenas 70% delas se vacinaram, equivalente a pouco mais de 2 milhões de gestantes. Já entre o grupo de jovens de 20 a 29 anos, a meta de 80% foi praticamente alcançada, com a adesão de mais de 27 milhões de pessoas.

    Entre todos os grupos de risco que foram vacinados, atingiram a meta do governo os portadores de doenças crônicas (100%, com 20 milhões), trabalhadores de saúde (100%, com 2,8 milhões) e indígenas (mais de 80%, com 461 mil).

    ٩(•̮̮̃•̃)۶ ٩(-̮̮̃-̃)۶ ٩(●̮̮̃•̃)۶ ٩(͡๏̯͡๏)۶ ٩(-̮̮̃•̃)۶٩(•̮̮̃•̃)۶ ٩(-̮̮̃-̃)۶ ٩(●̮̮̃•̃)۶ ٩(͡๏̯͡๏)۶ ٩

    Fonte: R7

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  10. Ricardo

    opa, ta cara, aonde eu me informo sobre nova ordem mundial e a "verdade" sobre h1n1 que nao seja em blogs?????
    me add aew, ricardo_comin@hotmail.com

    falou, quero discutir… hehe

    valeu!!

    Ricardo, aqui ẽ o Emerson do blog http://www.anovaordemmundial.com/

    Eu respeito sua opinião. Ninguẽm estã dizendo que você irá morrer dias após tomar a vacina. A chance existe, porém.

    Quanto existir ou não nova ordem mundial ou iluminate, você precisa se informar um pouco mais. Porém, este não está em discussão aqui, mas sim a seriedade da gripe e a necessidade e o perigo potencial da vacina H1N1

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  11. Anonymous

    Me tornei fã compulsivo desse blog. Adoro ler as matèrias aqui veiculadas.Emerson, detratores sempre haverà, o negativo sempre acompanha o positivo, esse è o motor que impulsiona a vida. A secão dos comentàrios, nessa semana que vai findando então, foi irreverente, envolvendo a polemica entre Codinha e os chamados änonimos, foi uma verdadeira catarse. Comentàrios, algumas vezes ironicos, mas todos, todos mesmo de alto nìvel. Todos que participaram dessa polemica estão de parabèns. E, quando terminar essa campanha mundial de vacinacão da gripe A, certamente aparecerà outra doenca ou outro vìrus, pois como dizia os não muitos antigos, "O mundo gira e os lusitanos rodam ", era mais ou menos assim. Fica aquì um abraco a todos e em especial ao Emerson, que, sendo responsàvel do blog, nos mantèm informados com notìcias e fatos muio interessantes.

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  12. Anonymous

    Eu acho que a nova ordem nacional é contra o CRACK,pois é todos os dias que morrem centenas de pessoas.
    Eu acho que a direção esta errada deveria ser criado centros clinicos,que capacitem para o mercado de trabalho dando lhes dignidade para voltarem a sociedade sem serem descriminados.
    Muitos procuram a droga por não ter esperanças de um dia ter um emprego e formar uma familia.

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  13. Ministério

    Anonymous,

    Agradecemos pela importante ajuda no devido esclarecimento aos membros dessa comunidade sobre os boatos e teorias irresponsáveis que circulam na internet.

    Em todas as campanhas de vacinação, realizadas pelo mundo, surgem teorias de que estas imunizações causam sérios danos ou até morte. Porém, estes fatos não são verdadeiros. Nosso país tem tradição em campanhas de vacinação. Já erradicou doenças e diminuiu os danos causados por muitas outras. A vacina é justamente para ajudar a diminuir os males provocados por um vírus que matou milhares de pessoas pelo mundo e, centenas no Brasil.

    Mais informações:
    fernanda.scavacini@saude.gov.br

    Atenciosamente,
    Ministério da Saúde

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  14. Ministério

    Anonymous,

    A internet é uma excelente ferramenta de comunicação, mas se utilizada de maneira equivocada pode sem dúvida trazer o mal ao invés do bem. Os e-mails, vídeos, boatos e teorias não são verdadeiros e de maneira extremamente irresponsável propagar mentiras com objetivo de criar o pânico entre as pessoas.

    A Influenza H1N1 não é uma doença criada em laboratório. O H1N1 é um vírus novo, que se desenvolveu a partir da mutação do vírus da gripe suína, com os vírus das gripes humana e aviária.

    O Ministério da Saúde entende que o vírus Influenza H1N1 representa um grande ameaça a saúde publica brasileira, e por isso não tem tomado todas as providências para ajudar a população a enfrentar a nova onda da Influenza H1N1.

    A vacina é SEGURA e foi devidamente testando antes de entrar no mercado.

    Mais informações:
    fernanda.scavacini@saude.gov.br

    Atenciosamente,
    Ministério da Saúde

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  15. Anonymous

    Concordo que existem sensacionalistas que só querem causar pânico.

    Mas o fato é que as reações da vacina que levam a internações sérias e até mortes não são raras e o ministério de saúde está se isentando – pessoas estão doentes, sem diagnóstico, e ninguém considera a vacina como possível responsável da debilidade das pessoas.

    Qual serviço registra estas suspeitas? Temos acesso a estas estatísticas?

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  16. Anonymous

    PORQUE SERA ENTÃO QUE JANE BURGERMEISTER FOI DESPEDIDA DO SUE EMPREGO DE CORRESPONDENTE EUROPEIA APOS apresentação de sua denuncias ao fbi sera que ela estava querendo aparecer na midia não acho que nao tem muitas coisas que o governo esconde da populaçao temos que abrir os olhos com essa nova ordem mundial

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  17. rodrigo baby

    ESSA VACINA SEQUELOU MINHA ESPOSA O QUE HOJE ACREDITO DOS MALES O MENOR POIS PODERIAMOS TER PERDIDO ELA GRAÇAS A ESTA MALDITA VACINA “COMERCIAL” E AO MINISTÉRIO DA SAÚDE QUE MESMO TENDO UMA PAGINA NA NET COM EVENTOS ADVERSOS PÓS VACINA H1N1 UMA LISTA ENORMA OS OMITIO E GASTOU MUITO EM MIDIA INCENTIVANDO A POPULAÇÃO A TOMAR A REFERIDA VACINA QUE A MESMA SÓ TERIA RARAMENTE EFEITOS LEVES POIS ESTA QUASE TIROU A VIDA DE MINHA ESPOSA QUE ESTEVE EM UMA (UTI)
    ONDE TODOS EXAMES PARA OUTRAS DOENÇAS NEGATIVADOS E O LIQUOR DE MEDULA VEIO A COMPROVAR A SUSPEITA DO NEUROLOGISTA E ATÉ HOJE PASSAMOS POR DIFICULDADES FINANCEIRAS E TEMOS QUE IR AO HOSPÍTAL TODOS DIAS PARA FAZER FISIOTERAPIA E A RESPÓSTA FOI MELHOR E EU CORRI POR FORA PARA CONSEGUIR A IMUNOGLOBULINA HUMANA ENQUANTO ELA ESTAVA NA (UTI) ESTE É UM VIDEO DELA!!!
    http://www.youtube.com/watch?v=JsySHqPsDuU

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  18. luciana

    Eu tomei vacina H1N1 e nao tive nada, assim como ao longo da vida tomei de Febre Amarela, caxumba, sarampo rubéola, tétano, poliomielite, coqueluche, dfteria, hepatite A e B, tuberdulose. Tive uma reação alérgica com vacina de tuberculose.
    Tem gente que passa mal, até morre. Tudo há um risco. Um custo benefício. Tem gente que morre por tomar uma aspirina.
    Se nao fossem vacinas, antibióticos, etc a maioria de voces nem estaria aqui para escrever bobagens nesse blog.
    Será que não tiveram aula de biologia na escola?
    Parem de assistir big brother e vao ler coisas úteis.
    Que tal passar umas semanas em algum país subdesenvolvido da África, vivnedo no meio da população local, sem saneamento básico onde a expectativa de vida é de 39 anos, onde as pessoas morrem de pólio, de cólera, tifo, diarréia, tuberculose, sarampo, etc. Velho é cosa rara na rua.. E uma experiencia arriscada mas gratificante. Você nao ve a hora de voltar para o Brasil e tomar vacinas, kkk. Viajar e conhecer outras culturas é bom para abrir cabeças estreitas. Pena que nem todos tem essa oportunidade.

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>