«

»

nov 12

Terra absorve mais gás carbônico do que se pensava, diz estudo

GD Star Rating
loading...

LONDRES – Um estudo realizado na Grã-Bretanha sugere que os ecossistemas e oceanos da terra têm uma capacidade muito maior de absorver gás carbônico do que se imaginava anteriormente. A pesquisa da Universidade de Bristol mostra que o equilíbrio entre a quantidade do gás em suspensão na atmosfera e a que é absorvida se manteve praticamente constante desde 1850, apesar de as emissões terem saltado de 2 bilhões de toneladas anuais naquela época para 35 bilhões de toneladas anuais hoje em dia.

O resultado do estudo, publicado no site especializado Geophysical Research Letters, confronta com várias pesquisas recentes, que previam que a capacidade de absorção pelos ecossistemas e oceanos cairia conforme as emissões aumentassem, fazendo disparar o nível de gases causadores do efeito estufa na atmosfera.

Mas segundo o principal autor do estudo, Wolfgang Knorr, seu ponto forte é que ele se baseia apenas em dados de medidas e estatísticas, e não em modelos de clima computadorizados.

————————-
Um mês antes da conferencia de Copenhague, este estudo é uma péssima notícia para aqueles que pretendem escravizar a humanidade através da limitação e controle de emissões de carbono.
Fontes:

Artigos relacionados:

2 comentários

  1. Éberson V8

    Sinceramente… eu acho rídiculo esse site "atacando" o aquecimente global, pois querem nos escravizar atráves do mesmo. ¬¬

    Soa mais sensacionalista que não sei o que.

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  2. marcos

    Segundo Moliom, não está havendo aquecimento global porcaria nenhuma. Muito pelo contrário. A Terra, nos próximos 50 ou 100 anos, ou não sei até quando, vai baixar de temperatura. Muito ruim para nós.

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>