«

»

out 01

Tratado de Lisboa a ser Decidido Pela Irlanda Nesta Sexta, ou Seria Tratado de Bilderberg?

GD Star Rating
loading...

Blog Nova Ordem Mundial

No segundo plebiscito para os irlandeses decidirem se a Irlanda apoiará o tratado de Lisboa ou não, a ser realizado nesta sexta feira, a mídia e os líderes europeus usam de táticas de ameaças sensacionalistas para convencerem os eleitores de que o tratado é a única opção para salvar o país e a continuação

O Primeiro-Ministro da Irlanda, Brian Cowen, alertou que outra rejeição prejudicaria as tentativas da Irlanda de inverter a sua aguda recessão e sua influência na Europa.

“Os resultados irão determinar o futura direção do nosso país e eu estou pedindo às pessoas para votarem e de pensar claramente antes de tomar essa decisão vital”, disse ele.

“Apoio o voto Sim é forte. No entanto, nada pode ser dado como certo. Estou apelando a todas as pessoas neste país que acreditam que a Irlanda e da Europa são melhores juntos para ajudar a conseguir um voto sim”.

  • República Tcheca

Enquanto isto, do lado leste da europa, a República Tcheca volta para cima do muro em relação ao Tratado de Lisboa.

Apesar do parlamento tcheco ter ratificado o tratado na primavera de 2009, Václav Klaus, o presidente tcheco, precisa ainda assiná-lo. Václav acredita que o tratado enfraquece a soberania da República Tcheca, desta forma, ele se opõe a ratificação do tratado. Ele tentou desacelerar o processo de ratificação de diversas formas. Em setembro de 2008, ele afirmou que ele não assinaria o tratado antes do referendo irlandês. Depois, alguns senadores apresenatram uma reclamação contra certas partes do tratado e Václav declarou que iria esperar o veredito da Corte Constitucional.
Por último, o Tribunal rejeitou esta acusação em Novembro de 2008.

Recentemente, no Tribunal Constitucional, em 29 de setembro de 2009, um grupo de senadores Checa apresentaram uma segunda reclamação contra o tratado e presidente tcheco, Vaclav Klaus disse novamente que iria aguardar a decisão do Tribunal de Justiça a assinar o tratado. Segundo especialistas, pode levar até 6 meses para o Tribunal a emitir uma decisão. Durante este tempo, acontecerão as eleições gerais do Reino Unido e de acordo com as pesquisas de opinião, prevê-se que os conservadores vão ganhar a eleição, e os conservadores no Reino Unido prometeram colocar o Tratado de Lisboa a referendo, se não setiver já em vigor. Portanto, ao fazer isso, o presidente Kluas, como líder entre os céticos do euro, planeja criar novos obstáculos para o Tratado de Lisboa, em caso de um resultado “sim” no segundo referendo irlandês, que será realizada em 2 de outubro de 2009.

O Tratado de Lisboa irá provocar uma grande mudança na estrutura atual da União Européia através da alterações dos Tratados anteriores e o principal objectivo é tornar a UE mais forte no século 21. Algumas mudanças importantes são a extensão do voto por maioria qualificada (QMV), a criação de um Presidente do Conselho Europeu e um Alto Representante para os Assuntos Externos. Como resultado, os euro-céticos criticam como um enfraquecimento da soberania dos estados membros.

O Tratado de Lisboa deve ser aprovado por todos os 27 estados membros, a fim de produzir efeitos no sistema jurídico da UE. No entanto, a República Checa, Irlanda e Polônia ainda têm ainda de ratifica-lo, apesar da ratificação de outros membros.

  • Vaticano Contra o Tratado

Enquanto os eleitores irlandeses vão às urnas pela segunda vez no tratado, os militantes do “Não” se apoiam nas observações feitas pelo cardeal Tarcisio Bertone, Secretário de Estado do Vaticano, durante a visita do Papa à República Tcheca.

As observações seguiram a desaprovação do Vaticano pela União Europeia se recusar a reconhecer a herança cristã da Europa no texto do Tratado de Lisboa.

A UE também contrariou os católicos no passado, por decidir que o aborto deve ser tratado como um “serviço médico”, tal como qualquer outro tratamento.

“Cada um dos países europeus têm a sua própria identidade. A UE impõe suas leis ou opiniões aos países membros, não precisando se encaixar às suas tradições e história. Alguns países logicamente resistindo, como por exemplo, a Irlanda”, disse o Cardeal Bertone.

O vídeo abaixo é muito esclarecedor ao mostrar os reais interesses por trás deste tratado.

Fontes:
AFP:Hosted by Google Back to Google News
Final push in Ireland’s crunch vote on European treaty

Turkish Weekly:Czechs Attempts to Block Lisbon Treaty

Artigos relacionados:

6 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Fada do bosque

    Nem imagina como lhe agradeço, em ter publicado isto. Foi boa acção da sua parte.
    Obrigada. :)
    É muito importante ainda, pelo menos para aqueles, que estão atentos. Temo que sejamos muito poucos…

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  2. Anonymous

    O trabalho que você tem com esse blog é admirável, parabéns! Sempre compartilha coisas muito importantes.

    Um clipe pra relembrar… uma dura crítica à televisão:

    Korn – Here to Stay
    http://www.youtube.com/watch?v=zbL6_vT-KoA

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  3. Fada do bosque

    O povo português, não teve direito a referendo. Ou seja, nem votou, nem sequer sabe, o que esse Tratado significa, para toda a Europa.
    O método de ratificação foi anti democrático, bem como a maioria dos Países Europeus.
    Boa meu amigo!

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  4. Anonymous

    A República da Irlanda ratificou em plebiscito o Tratado de Lisboa…

    http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI4019001-EI8142,00-Premie+irlandes+confirma+ratificacao+do+Tratado+de+Lisboa.html

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  5. Fada do bosque

    Infelizmente para a Europa… a crise até que deu um jeitinho bestial, aos defensores deste Tratado…
    Parece conluio!

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  6. Anonymous

    Deus, algo que não consigo entender. JC (JESUS CRISTO) se suicidou. Morreu por ele e por uma idéia fixa de que ele mesmo sentiu ao acreditar que tinha um pai em cima da sua cabeça para um punhado de gente sem instrução (não pelo intelecto), mas por acreditarem em tudo o que disem à eles. À eterna obediência à algo em que não se questiona. O CRENTE ou o RELIGIOSO DOENTE, obediente, não questiona. [Um abração à todos].

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>