«

»

jun 06

Clube Bilionário aposta em restringir superpopulação

GD Star Rating
loading...

Alguns dos maiores bilionários americanos se encontraram secretamente com o fim de encontrar uma maneira de usar sua riqueza para reduzir o crescimento da população mundial e acelerar programas nas áreas de saúde e educação.

Os filantropos que estavam presentes na reunião promovida por iniciativa de Bill Gates, o co-fundador de Microsoft, consideraram a idéia de juntar suas forças para superar obstáculos políticos ou religiosos à mudança.

Descrito como o Good Club por um participante, se fizeram presentes David Rockefeller Jr, patriarca da maior dinastia americana, Warren Buffett e George Soros, os financistas, Michael Bloomberg, o prefeito de New York, e os magnatas dos meios de comunicação Ted Turner e Oprah Winfrey.

Todos estes e Bill Gates doaram mais de 45 bilhões de libras desde 1996 para causas que vão desde programas de saúde para países em desenvolvimento a escolas perto de casa nos guetos americanos.

O encontro foi na casa de Sir Paul Nurse, um bioquímico britânico, ganhador do prêmio Nobel e presidente da Rockefeller University, em Manhattan, no dia 5 de maio. O encontro era tão secreto que alguns de seus empregados acreditavam que eles estavam discutindo resoluções sobre garantias seguras de investimentos.

Stacy Palmer, editor do Chronicle of Philanthropy – http://philanthropy.com/ , disse que nunca houve uma reunião como aquela. “Nós só tomamos conhecimento depois, por acidente. Normalmente essas pessoas gostam de aparecer quando estão fazendo coisas boas, mas isso é diferente – talvez porque não queiram ser vistos como uma quadrilha global” disse ele.

No entanto, alguns detalhes surgiram essa semana. A alguns bilionários foi dado 15 minutos para apresentar suas causas favoritas. Durante o jantar eles discutiram como chegariam a uma umbrela cause, uma causa que pudesse abrigar o interesse de todos os presentes.

Os assuntos debatidos incluíam reformar a supervisão de ajuda externa para a criação de escolas rurais e sistemas de abastecimento de água em países do terceiro mundo. Todos concordaram com Gates que a superpopulação era a prioridade.
Isso poderia ser um desafio para alguns políticos do terceiro mundo que acreditam que a contracepção e a educação feminina enfraquecem os valores tradicionais.
Gates, 53 anos, que está doando a maior parte de sua fortuna, argumenta que famílias abastadas e livres da malária e da extrema pobreza, poderiam mudar seus hábitos e passar a ter menos filhos daqui a meia geração.

Numa conferência em Long Beach, Califórnia, fevereiro passado, ele fez um comentário parecido. “Projeções oficiais dizem que a população mundial chegará a um pico de 9.3 bilhões de pessoas [dos hoje 6.6 bilhões], mas com iniciativas de caridade, como ‘planos de saúde especiais para os que tiverem menos filhos’, nós achamos que podemos reduzir esse pico a 8.3 bilhões,” disse Gates na ocasião.

Patricia Stonesifer, ex-presidente executiva da Bill and Melinda Gates Foundation http://www.gatesfoundation.org/Pages/home.aspx , que doa mais de 2 bilhões de libras ao ano para “boas causas”, estava presente na reunião promovida por Rockefeller. Ela disse que os bilionários se encontraram com o intuito de “discutir como aumentar as doações” e pretendem “continuar o diálogo” pelos próximos meses.

Um outro convidado disse que “não era tão cruel como um voto”, mas que se chegou a um consenso de que eles apoiariam uma estratégia na qual o crescimento populacional fosse encarado como uma terrível ameaça ambiental, social e industrial.

“Essa perspectiva é tão atemorizante que o grupo concordou que as respostas precisam vir de pessoas de inteligência única”, disse o convidado. “Eles precisam ser independentes de agências de governo, que não são capazes de enfrentar o desastre que se aproxima.”

Por que todo o segredo? “Eles queriam falar de ricos para ricos, sem a preocupação de que nada do que dissessem fosse parar nos jornais, mostrando-os com uma alternativa ao governo mundial,” disse ele.

Fontes:
Times Online
Traducão de Marcelo Mendes

Clube Bilionário aposta em restringir superpopulação, 10.0 out of 10 based on 2 ratings

Artigos relacionados:

4 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. jOHN

    Não vou ter filhos! Quero ser gerente da Microsoft!

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  2. Curioso

    Se era TÃO SECRETA, mas TÃO SECRETA, como quem escreveu o artigo ficou sabendo (ainda mais com essa riqueza de detalhes)?

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

    1. anom_admin

      Pelo jeito não era TÃO secreta.

      Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

  3. JOSHELITO

    Acordem Senhores, pois os ILluminatis estao agindo contra as nossas vidas a muito ttempo……A NOVA ORDEM MUNIDAL JA CHEGOU

    Buscai a Verdade e a verdade vos libertara. Biblia Sagrada…..

    Gostei or Não: Positivo 0 Negativo 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>